Uma das estratégias imprescindíveis para manter uma presença digital eficiente é a aplicação de SEO no site da sua empresa.

Search Engine Optimization na tradução livre significa otimização para mecanismos de busca.

Em outras palavras, é um conjunto de ferramentas que impulsiona a aparição do seu site nas primeiras páginas do ranqueamento do Google. 

O primeiro passo para aplicar essas técnicas na sua estratégia de marketing digital é a pesquisa de palavras-chave.

Saber definir as palavras-chaves certas é indispensável para aumentar as chances da sua empresa aparecer nos primeiros resultados e expandir o número de visitantes no seu site.

Isso porque o cliente faz a busca por meio dessas expressões e tende a clicar nos sites que recebem maior destaque na primeira página. 

Esse recurso recebe ainda mais importância para atingir o público-alvo que ainda não conhece sua marca.

Na jornada de compra do consumidor, o primeiro passo que o usuário faz é pesquisar na Internet informações sobre o problema que ele quer resolver e as soluções disponíveis no mercado.

Portanto, quanto mais precisa for a escolha das palavras-chave, maiores as chances de impactar esse usuário no primeiro estágio da jornada. 

Nesse artigo, vamos esclarecer todos os aspectos que envolvem a pesquisa de palavras-chave.

Você entenderá o que é cada grupo de palavras-chave e como aplicá-los no seu negócio. 

O que são palavras-chave?

O que são palavras-chave?

Palavras-chave são aquelas palavras ou expressões que os usuários jogam nos buscadores (como o Google ou o Bing) para realizar pesquisas.

Esses termos representam ideias e temáticas que se tornam relevantes para os mecanismos de busca.

Entender profundamente o tipo de pesquisa que o seu cliente ideal faz pode contribuir para a eficiência da estratégia de marketing digital da sua empresa. 

As palavras-chave são divididas nos seguintes grupos:

Short tail

Essas palavras são aquelas consideradas mais abrangentes.

Isso significa que esses termos são mais amplos e recebem um maior volume de buscas, ou seja, mais pessoas usam estas essas expressões para realizar pesquisas nos sites de pesquisa.

Quanto mais buscas com esses termos, maior a concorrência entre os sites para aparecer nas primeiras posições. 

Não é uma regra, mas geralmente, as palavras-chave de short tail são caracterizadas por termos que não são diretamente relacionados com intenção de compra.

As pesquisas desse grupo de palavras-chave são classificadas como parte do topo de funil de vendas.

Portanto, a conversão pode não ser muito satisfatória.

Muitas vezes termo short tail pode ser bastante genérico, como por exemplo “marketing de atração”. 

Middle tail

Uma palavra-chave de middle tail, como o próprio nome já diz, se posiciona no meio do caminho entre o grupo de palavras-chave short tail e long tail.

Isso significa que os termos middle tail não são tão genéricos quanto os de short tail e nem tão específicos quanto o grupo das palavras long tail

Nessa classificação, o volume de busca é mediano e a concorrência de ranqueamento é menor quando comparada ao grupo anterior, embora ainda tenha alguns desafios relacionados à conversão.

Um exemplo de um termo middle tail seria “estratégias de marketing de atração”. 

Long tail

Esse grupo de palavras-chave contempla termos bastante específicos.

Nesse caso, a pesquisa realizada pelo usuário é precisa e objetiva.

Isso significa que no processo de compra, o lead já tem reconhecimento do seu problema, já tem interesse em resolvê-lo e busca por soluções para isso. 

As palavras-chave que fazem parte desse grupo geralmente tem pouca concorrência, justamente por serem nichadas.

Nessa etapa da jornada do consumidor, a pesquisa vem carregada de intenção de compra, portanto, tem grande oportunidade de conversão. 

Escolher palavras-chave de long tail na estratégia vai atrair um público bastante segmentado que também pode ser considerado um lead quente, porque as pessoas já tem interesse em comprar algo que sua empresa pode oferecer, colocando esses leads na posição de meio para a boca do funil.  

O volume de buscas é bem menor quando comparado com os grupos de short tail e middle tail, mas mesmo assim são muito eficientes.

Justamente porque o investimento nas palavras-chave de long tail é mais baixo e tem o poder de direcionar um público qualificado para o seu site.

Um exemplo de uma expressão long tail é “agências de marketing de atração em São Paulo”. 

Entendendo algumas variáveis que envolvem as palavras-chave

Entendendo algumas variáveis que envolvem as palavras-chave

Existem alguns pontos para considerar na hora de desenhar uma estratégia de SEO e selecionar as palavras-chave que mais se adequam ao cenário da sua empresa.

Vamos entender mais profundamente cada variável para que você possa ponderar cada aspecto com mais eficácia. 

Volume

Essa métrica é referente ao número de vezes que determinada palavra-chave é pesquisada dentro de um período específico de tempo. 

Palavras-chave que tem um grande volume de busca podem ser uma boa escolha para atrair mais tráfego para o seu site, mas por outro lado, pode ser um pouco mais difícil competir outros players pelas primeiras posições. 

Dificuldade

Quando você está selecionando as melhores palavras-chave para integrar na sua estratégia de SEO, é primordial analisar o grau de dificuldade para ranqueá-las. 

Um dos fatores que vai definir se uma palavra é fácil ou difícil é a concorrência, por exemplo.

Tem alguns termos que já são usados por grandes sites que possuem autoridade reconhecida, enquanto outras palavras ainda tem bastante margem para que sites mais novos tenham mais chances de aparecer nos primeiros resultados.

Nesse caso, é mais eficiente priorizar as expressões que sejam mais fáceis de ranquear, já que essas trarão mais resultados com menos esforços. 

Oportunidade

Essa métrica é muito relevante na hora de ponderar os esforços dedicados na estratégia de SEO da sua empresa. 

Quando uma pesquisa é feita no Google ou em outros buscadores, além dos resultados orgânicos na primeira página, aparecem também outros elementos como vídeos, imagens, mapas, anúncios e outros botões que chamam a atenção do usuário para serem clicados. 

Esses elementos impactam negativamente a taxa de clique dos primeiros resultados orgânicos.

Por conseguinte, quanto menos elementos aparecerem no resultado, maior será a oportunidade da palavra-chave

Intenção de compra 

Como explicamos no início desse artigo, ao analisarmos a palavra-chave usada em uma pesquisa, podemos identificar qual etapa do funil encontra-se aquele lead. 

Se a pesquisa tiver palavras vagas com um significado abrangente, entende-se que o lead ainda está no topo do funil de vendas.

Desse modo, se a pesquisa for específica e objetiva, a posição desse lead já está bem mais próxima da boca do funil.

Quando você colocar na balança vários termos para pesquisar, vale a pena considerar uma palavra-chave que já tenha uma intenção de compra por trás.

Porque dessa forma, a taxa de conversão será muito maior. 

Posição atual

Além de considerar todos esses pontos que citamos acima, não esqueça de verificar a posição atual do seu site para cada palavra-chave! 

Uma vez que você faz essa análise, será possível averiguar quais palavras-chave fazem seu site aparecer em uma boa posição no ranking e quais pode você melhorar.

Isso vai ajudar a direcionar as estratégias de SEO. 

Qual a importância das palavras-chave para gerar resultados?

Qual a importância das palavras-chave para gerar resultados?

A principal ferramenta de pesquisa hoje em dia é a Internet.

As pessoas buscam respostas rápidas e simples, isso quer dizer que elas raramente vão até a página 10 do Google para encontrar soluções.

Geralmente os primeiros resultados são considerados os mais relevantes e os sites que aparecem nas primeiras posições serão os primeiros a serem clicados. 

Para linkar as perguntas com as respostas precisas, os mecanismos de busca se baseiam nas palavras-chave.

Para que o site da sua empresa esteja entre essas respostas, é preciso otimizar o ranqueamento por meio de estratégias de SEO.

Em outras palavras, as palavras-chave são a ponte entre o que os consumidores buscam e os produtos ou serviços oferecidos pela sua empresa. 

Quanto mais no topo do ranking aparecer o seu site, maior será a geração de leads vinda da busca orgânica.

Para aumentar a relevância do seu site nos buscadores, é interessante estabelecer uma estratégia por trás das palavras-chave.

Uma técnica eficiente é oferecer um conteúdo valioso que esteja atrelado às palavras-chave, mas que também vai educar e ajudar seu cliente ideal.

Dessa forma, quando o consumidor fizer uma pesquisa através de termo específico, ele vai encontrar respostas assertivas vinculadas ao seu produto ou serviço. 

O que é necessário para fazer uma pesquisa de palavras-chave?

O que é necessário para fazer uma pesquisa de palavras-chave?

Antes de iniciar a pesquisa de palavras-chave, é preciso ter algumas questões alinhadas e definidas previamente.

Para alcançar bons resultados com as estratégias de SEO que sua empresa vai adotar, é fundamental ter conhecimento de quem é o cliente ideal (persona), o objetivo de marketing por trás da estratégia e um planejamento de comunicação que considere todas as variáveis. 

Personas

Antes de comunicar qualquer coisa, você precisa entender com quem está falando.

É crucial que você entenda perfeitamente o perfil das personas e tenha um retrato do universo delas.

É interessante saber quais são seus interesses, suas dores, seus desejos, a realidade em que vivem, dados demográficos, rotinas, preferências, intenções e objeções de compra, necessidades, sonhos e desafios.

É possível haver mais de uma persona.

Pode ser que seu público-alvo seja dividido em vários grupos.

Se esse for o caso, é recomendado se aprofundar nas diferenças que existem entre os grupos e criar soluções específicas para cada grupo.

Lembre-se de atuar de acordo com o perfil de cada grupo! 

Para chegar nesses perfis de cliente ideal, é recomendado fazer uma investigação por meio de pesquisa.

Para que dessa forma, as informações apuradas sejam coerentes com a realidade. 

Sabendo disso, você consegue usar o blog como veículo de palavras-chave, oferecendo conteúdos que serão notados pela sua audiência. 

Tendo conhecimento do perfil do seu cliente ideal, você também consegue antecipar os passos que ele dará em relação a jornada do consumidor.

Você tem a possibilidade de prever o comportamento de busca e assim determinar as palavras-chave que estão mais alinhadas com a persona. 

Objetivo de marketing

Ter um objetivo traçado vai indicar qual direção seguir na hora de tomar decisões referentes às estratégias de marketing.

O objetivo de marketing vai ajudar a eleger as melhores palavras-chave para integrar no planejamento de SEO.

Perceba que se o objetivo de marketing for aumentar o tráfego no site da sua empresa por exemplo, a escolha de palavras-chave vai focar no topo do funil de vendas.

Geralmente, essas palavras-chave que são usadas com o intuito de atrair mais pessoas terão um volume grande de busca. 

Se o objetivo for se conectar com as pessoas que já estão interessadas em comprar, ou seja, leads quentes, as palavras-chave serão mais específicas e terão um volume menor de buscas. 

Portanto, quanto mais preciso for o objetivo de marketing, mais eficiente será a escolha das palavras-chave e consequentemente do resultado da utilização dessa técnica. 

Planejamento

Ao lado do objetivo de marketing, vem o planejamento de comunicação.

Esses dois estão intrinsecamente conectados e resultarão em uma comunicação alinhada, onde a mensagem chega ao público alvo de maneira clara e assertiva. 

O planejamento vai englobar quem são os concorrentes, quais conteúdos serão explorados, quais estratégias serão aplicadas, quais produtos ou serviços serão contemplados em cada estratégia, levando em consideração o planejamento de comunicação trimestral. 

Quando chegar a fase de avaliação de cada palavra-chave, lembre-se de verificar o ranqueamento de cada uma delas referente aos seus principais concorrentes. 

Uma vez que essas informações estão nítidas, a sua empresa terá uma base sólida para tomar decisões relativas às melhores palavras-chave de acordo com as prioridades e os objetivos.

Uma vez que o planejamento está alinhado, você conseguirá ter uma visão calculista sobre de quanto em quanto tempo será preciso reavaliar as palavras-chave. 

Como fazer pesquisa de palavra-chave?

Como fazer pesquisa de palavra-chave?

Agora que você tem um entendimento mais amplo sobre o que são palavras-chave, quais grupos se dividem, quais variáveis devem ser consideradas no momento da seleção de palavras-chave e o que você precisa se atentar antes de aplicar essa técnica de SEO, chegou o momento de colocar a mão na massa.

Vamos explicar passo-a-passo como fazer a pesquisa de palavras-chave:

Analise os concorrentes

Faça uma lista dos concorrentes mais expressivos e observe o comportamento digital de cada um deles.

Identifique suas estratégias de marketing, quais ações eles estão trabalhando no momento e analise o ranqueamento do site dos seus concorrentes para cada palavra-chave que você considera usar.

Essa análise vai trazer um norte para a sua estratégia. 

Faça a qualificação dos termos

Nesse momento é interessante fazer um brainstorming de possíveis palavras-chave.

Crie uma lista de expressões relacionadas aos seus negócios, aos seus produtos ou serviço, ao seu universo de marca, problemas do seu cliente ideal e também soluções que sua empresa oferece para resolver esses problemas específicos.

Lembre-se de contemplar palavras mais amplas (short tail) e também termos mais específicos (long tail).

Se julgar necessário, adicione palavras-chave middle tail

Remova os termos que não estão alinhados com o seu negócio

Uma vez que sua lista de palavras-chave está recheada de ideias, é coerente fazer uma filtragem dos termos e remover aqueles que não fazem tanto sentido assim para o seu negócio.

Preste atenção naquelas palavras que estão duplicadas ou que tem o mesmo significado, mas volumes de busca diferentes.

Descubra o volume de busca de cada palavra

Agora que sua lista está congruente com os objetivos e alinhada com a estratégia de SEO, aprofunde-se na análise de cada termo e pesquise o volume de busca de cada um deles. 

Lembrando que se você selecionar palavras que tenham mais volume de buscas, a concorrência será maior, mas também pode atrair mais público para o topo do funil.

Se você optar por palavras com menor volume de buscas, a concorrência será consequentemente menor, portanto, o lead estará mais aquecido e a taxa de conversão pode ser mais interessante.  

Descubra se o site da sua marca já está posicionado no Google

Para cada palavra que você selecionar, faça uma pesquisa para entender qual é a posição do site do seu negócio no Google.

Assim você pode nortear os esforços de maneira mais assertiva. 

Descubra a Dificuldade, a Oportunidade e o Potencial de cada termo

O último passo da pesquisa de palavras-chave é investigar as outras variáveis que explicamos acima.

Depois de ter feito o pente fino em cada expressão, é importante pesquisar a dificuldade, a oportunidade e o potencial de cada palavra.

Quando você tiver todas essas respostas, a escolha das palavras-chave estará “nos trinques” para ser colocada em ação!

Onde pesquisar palavras-chave?

Onde pesquisar palavras-chave?

Você deve estar se perguntando onde exatamente procurar essas possíveis palavras-chave para usar na sua estratégia de SEO e onde encontrar todas essas métricas de avaliação.

Foi pensando nisso que listamos as principais plataformas para você fazer a pesquisa: 

SemRush

O SemRush entrega métricas de maneira profunda e abrangente para cada termo pesquisado.

Através dessa ferramenta é possível ter uma visão 360 graus da análise de palavras-chave.

Essa plataforma permite 5 consultas por dia de forma gratuita, depois disso ela se torna paga. 

Ubersuggest

Essa ferramenta é um pouco mais simples quando comparada com as outras, mas também é perfeita para pesquisas rápidas de palavras-chave. 

Essa plataforma é ideal para identificar nichos de mercado, já que através dela é possível ter acesso a sugestões de palavras-chave de acordo com os temas pesquisados.

O Ubbersugest também oferece orientações de conteúdo baseadas nas melhores palavras-chave e na potencialidade de ranqueamento. 

Google Trends

Essa ferramenta gratuita do Google permite pesquisar o que o mundo está pesquisando.

Isso quer dizer que é possível identificar quais são as tendências do momento na Internet.

Ao pesquisar algum termo, o Google Trends mostra dados que ilustram o crescimento desse tema ao longo dos anos e também oferece pesquisas relacionadas ao termo pesquisado. 

Keywordtool.io

Essa é uma das ferramentas com maior destaque entre a pesquisa de palavras-chave justamente por oferecer uma visão completa do termo, incluindo expressões de long tail com várias palavras e numerais.

O Keywordtool.io oferece a versão gratuita e também a versão paga, com outras ferramentas específicas e análises minuciosas sobre o termo e a concorrência. 

Majestic

É uma ferramenta completa de SEO que mapeia sites na Internet de forma perspicaz e profunda.

Essa plataforma pode ser considerada um pouco mais avançada quando comparada com as outras.

Isso devido ao fato de disponibilizar métricas e dados referentes ao histórico de buscas e resultados na Internet como um todo. 

Majestic oferece um teste da plataforma de forma gratuita, mas esse serviço é pago devido a sua complexidade. 

Planejador de Palavras-Chave do Google Ads

O Google Ads é a plataforma de anúncios do Google.

Esses anúncios tem diferentes formatos como links nos resultados das pesquisas, banners, anúncios dentro de outros sites e até mesmo os anúncios que aparecem no Youtube. 

Além de gerenciar esses anúncios, a plataforma oferece pesquisa de palavras-chave e também sugestões de qual direção colocar os esforços de marketing.

Através das métricas disponibilizadas nessa plataforma, você conseguirá enxergar de forma clara as oportunidades para nortear o conteúdo da sua marca. 

Keywords Everywhere

Keywords Everywhere é uma extensão do Google Chrome que pode ser bastante útil no dia-a-dia do profissional de marketing ou do analista de SEO.

Essa extensão é muito prática para visualizar volume de buscas de palavras-chave em diferentes buscadores.

Essa ferramenta também oferece dados e métricas para análise da dificuldade, oportunidade e potencial de cada palavra-chave, além de sugestões baseadas no tema pesquisado. 

Como as palavras-chave podem ajudar uma empresa?

Como as palavras-chave podem ajudar uma empresa?

O potencial de uma estratégia de palavras-chave bem feita pode ser gigantesco e impactar diretamente a eficácia da comunicação da sua empresa.

Essa técnica de SEO pode não apenas afetar positivamente a taxa de conversão do site do seu negócio, mas também pode trazer insights valiosos para a sua empresa como um todo.

Vamos salientar os principais benefícios de você adotar essa técnica para a sua empresa: 

Entender melhor o seu público

Saber o que exatamente o seu cliente ideal pesquisa, quais são suas dúvidas, suas dores, seus problemas e onde ele está na jornada do consumidor vai contribuir para criar um perfil detalhado do seu público-alvo. 

Criar conteúdos de qualidade

Tendo conhecimento das palavras-chave que funcionam melhor para alavancar o seu negócio, o conteúdo pode ser precisamente orientado para resolver determinada demanda.

Ou seja, você pode incluir na sua estratégia de comunicação conteúdos ricos e de qualidade que vão ajudar a esclarecer dúvidas e questionamentos que seu cliente ideal possa ter. 

Para se aprofundar nas estratégias de conteúdo, recomendamos um artigo do nosso blog que explica detalhadamente como utilizar marketing de atração na comunicação da sua empresa.  

Gerar autoridade no mercado

Os sites que estão melhores posicionados são vistos como referências de mercado.

Mas para ser reconhecido como autoridade, é preciso provar isso através de uma comunicação assertiva que conversa, educa e cria uma conexão com o público. 

Uma vez que seu cliente ideal reconhece a sua empresa como uma referência no mercado, aumentam as chances de ele optar pela sua marca e não a marca da concorrência na hora de tomar a decisão de compra.

Encontrar possíveis temas trabalhar com o público

Através da análise das buscas do seu cliente ideal, é possível reconhecer seus questionamentos e assim identificar pautas que possam vir a interessar o seu público.

Você pode contemplar outras palavras-chave que estejam associadas ao mesmo tema e criar conteúdo baseado nas mesmas. 

Criar materiais nas redes sociais

As palavras-chave podem contribuir não apenas para aumentar e qualificar o tráfego do seu site, mas também pode orientar o conteúdo da sua empresa nas redes sociais.

Tendo conhecimento sobre as principais buscas realizadas pelo seu cliente ideal, você poderá entregar respostas através de dos posts das redes sociais, usando vídeos, imagens, infográficos e textos curtos de fácil leitura. 

Melhorar o ranqueamento

Um dos principais benefícios de criar uma estratégia de SEO com palavras-chave é melhorar o ranqueamento do site da sua empresa no Google e outros buscadores. 

Para que o site seja facilmente encontrado pelo público que você quer atingir, é necessário que o conteúdo do site seja baseado nas palavras-chave.

Estar nas primeiras posições também contribui para trazer novos clientes de forma orgânica, ajudando a reduzir o custo por lead. 

Acompanhar a concorrência

Como já mencionamos nesse artigo, é importante sempre ficar de olho na concorrência e as ferramentas de palavras-chave facilitam essa análise.

Dessa forma, você pode ter um entendimento mais profundo de quais estão funcionando bem para sua concorrência, quais você pode incluir ou excluir da sua estratégia e também terá mais chances de perceber brechas e oportunidades de explorar algo que seus concorrentes ainda não trabalhem.  

Conclusão

Uma ferramenta relativamente simples de SEO pode impactar diretamente no sucesso dos seus negócios. Palavras-chave podem ser consideradas um elo de conexão entre a sua empresa e o seu cliente ideal. 

Não deixe de explorar todos os recursos valiosos que essa estratégia oferece.

Mas não se confunda: um bom ranqueamento do seu site não é sinônimo de vendas realizadas.

Utilize esse indicador para otimizar os esforços das estratégias de marketing digital e nortear a comunicação. 

Vale a pena lembrar que o ranqueamento muda o tempo todo, por isso é importante estar sempre atualizando as estratégias de acordo com o comportamento do seu público.  

Compartilhe agora!

Fernanda Andreazzi

Estrategista de conteúdo na Leadster, atua há 5 anos com Marketing Digital, Inbound Marketing, SEO - e tudo o que há de bom