Seja você dono de uma empresa ou um profissional de marketing e vendas, sabe que a geração de leads é um dos maiores desafios de uma marca.

Desafio esse que está se tornando cada vez mais complicado, já que o comportamento do consumidor está mudando, a janela de atenção é menor, os canais e mídias são os mesmos e há mais concorrência no mercado – mas isso nós vamos explorar logo abaixo. 😉

Nem tudo está perdido: agora já se pode contar com novas – mas nem tanto – tecnologias e ferramentas, como é o caso do chatbot. 

Por isso, neste conteúdo você vai entender porque contar com um chatbot para geração de leads pode ser uma virada de chave para sua empresa em termos de marketing e vendas.

Bora lá? 👇

Quais os maiores desafios da geração de leads – e como um chatbot pode ajudar

Quais os maiores desafios da geração de leads – e como um chatbot pode ajudar

Como já dei um breve spoiler acima, o processo de geração de leads vem se tornando cada vez mais desafiador para as empresas.  

No Panorama de Geração de Leads 2023 nós vimos, por exemplo, que a taxa de conversão mediana das empresas brasileiras caiu para 3,19% – em 2021, a porcentagem mediana foi de 3,81%. E essa é uma tendência global, devido a um mercado cada vez mais competitivo.

Mas isso não significa que seja impossível ter uma boa geração de leads.

Para enfrentar as pedras no meio do caminho, você precisa de boas estratégias ao seu lado. Vamos entender melhor?

O maior estudo sobre geração de leads do Brasil. Panorama de Geração de Leads 2023 - Leadster

Canais de aquisição centralizados e cada vez mais caros

Nas mídias digitais, grande parte do investimento de marketing vai para os grandes players, como Google e Meta, já que essas marcas concentram a maior parte dos usuários.

Porém, existe a controvérsia de estar todo mundo em um único lugar ao mesmo tempo – tal qual o filme que ganhou o Oscar em 2023. O resultado é um mercado muito mais competitivo, com anúncios cada vez mais caros, gerando aumento no custo por clique (CPC) e no custo de aquisição de clientes (CAC).

Redução da janela de atenção do usuário

Em um cenário de redes sociais, televisão, rádio, streaming e a “vida real”, uma pessoa é impactada por até 10 mil anúncios diariamente. E isso já foi contabilizado pela Red Crow Marketing.

Ou seja, com tantos estímulos está cada vez mais difícil prender a atenção do usuário, afinal é muita coisa para se ler e ouvir. 

Além disso, um estudo do NN Group mostrou que a maioria dos usuários abandona uma página nos 10 primeiros segundos, se não tiverem um bom motivo para ficar. 

Então, que tal chamá-lo para uma conversa com o seu chatbot, ou surpreendê-lo com uma abordagem personalizada diretamente ligada ao seu interesse?

Falta de investimento em otimização de conversão (CRO)

Como já falei mais de uma vez, não é porque o cenário é desafiador que você não terá alternativas para contorná-lo. 

Uma estratégia que gera bons resultados, mas ainda não é muito aplicada pelas empresas é a otimização de conversão (CRO). A ação envolve conhecimento em copywriting, otimização de sites, UX, psicologia aplicada ao design e testes de novas ferramentas.

Por meio dela você estará, literalmente, otimizando seus resultados e viabilizando melhores estratégias e aprendizados para sua equipe.

O que é o Marketing Conversacional? A metodologia dos chatbots de marketing

O que é o Marketing Conversacional? A metodologia dos chatbots de marketing

Sabe aquela frase famosa do filme Star Wars may the force be with you – que a força esteja com você? Então, vamos adaptá-la para que os chatbots de marketing estejam com você, principalmente na estratégia de geração de leads, já que eles utilizam a metodologia do Marketing Conversacional.

Ah, mas porque o Marketing Conversacional?

Bom, esse conceito nada mais é do que a proposta de conversar em tempo real e de forma personalizada com seus visitantes. O objetivo é ajudá-los em seu processo de decisão de compra.

Ao invés de entrar em um site e se deparar com um botão estático de contato ou ser direcionado para um formulário antiquado, já desincentivando o usuário com campos infinitos e zero previsão de resposta, seu visitante será surpreendido com um chatbot com chamada personalizada e contato instantâneo. Ou seja, você estará oferecendo uma experiência mais personalizada e ágil, podendo perguntas tudo o que quiser e o que considerar essencial para dar andamento no processo, poupando o tempo do usuário.

Outros benefícios do Marketing Conversacional são:

  • Aumento no volume de leadsatravés de chamadas personalizadas você consegue chamar mais a atenção do usuário, afinal, você estará falando exatamente aquilo que ele vem procurando para sanar suas necessidades;
  • Conhecer melhor o seu lead – logo no primeiro contato você já terá captado as informações principais sobre o lead para seguir com a distribuição para os vendedores, sem que eles tenham que perder tempo contatando e qualificando manualmente um por um;
  • Leads mais qualificados – chega de receber leads em seu WhatsApp que nem ao mesmo sabem o que sua empresa faz direito. Com um chatbot é possível qualificar todos esses leads, baseando-se nos critérios da empresa, e só disparar para os vendedores apenas os realmente qualificados.

O Marketing Conversacional na prática

Para comprovar todos – e mais alguns – benefícios que citamos acima, trouxe aqui um case de sucesso da Leadster que mostra na prática a plataforma e as mais diversas funcionalidades, desde qualificação de leads e distribuição inteligente até a localização de leads.

Estou falando do caso da Imobiliária Rafael Cássio, que, antes, possuía uma taxa de conversão abaixo da média do mercado.

Rafael Cássio, Dono e Assessor Imobiliário, já tinha entendido que a sua necessidade era enviar mais oportunidades para o funil de vendas, para que seus corretores tivessem a chance de gerar novos negócios com recorrência.

Durante suas pesquisas, Rafael se deparou com o Marketing Conversacional e, então, conheceu a Leadster, que oferecia uma plataforma baseada na metodologia.

“A partir daí, tudo aconteceu muito rápido: no mesmo dia o chat já estava instalado dentro do meu site. E naquela mesma semana, eu comecei a perceber um aumento de clientes interessados em imóveis”, conta Rafael. 

A primeira funcionalidade utilizada foi a distribuição de leads, já que precisavam filtrar os visitantes do site para direcioná-los ao vendedor de cada região

Sendo esse só o começo, o processo se tornou ainda mais ágil após a funcionalidade de localização de leads que começou a fornecer informações cruciais para a comunicação da empresa.

Ou seja, a história da imobiliária foi de um lead convertido no formulário do site, recebido por Rafael no e-mail e só então encaminho para o corretor dar sequência no atendimento,para um processo todo otimizado. 

Agor,a com o chatbot de geração de leads, o cliente que converte no chat cai diretamente no CRM de vendas por meio de uma integração, já dentro do pipeline do vendedor responsável. Segundo Rafael, em 1 minuto e meio, sua equipe faz contato com o cliente, enquanto ele ainda está dentro do site, analisando o imóvel.

Os resultados foram:

O Marketing Conversacional na prática

Por que muitos consumidores preferem chatbots a vendedores?

Por que muitos consumidores preferem chatbots a vendedores?

Será que os chatbots são melhores atendentes do que nós humanos? Não posso te dizer com certeza nem sim, nem não. 😶

É necessário pensar na ferramenta como um combo de soluções – então não estamos falando só de atendimento –, uma vez que fornece respostas rápidas aos clientes, está disponível a todo momento, oferece soluções para problemas simples e não exige tanta burocracia ou compromisso como o contato com um vendedor.

Ou seja, o chatbot é um combo e isso já é motivo suficiente para as pessoas optarem por falar com ele. 

Falando em combo, uma pesquisa da LivePerson mostrou que 61% dos consumidores tiveram uma experiência positiva com os chatbots, isso se deu por três fatores: conveniência (52%), rapidez (43%) e uso fácil (42%).

Outro ponto é que os consumidores estão se tornando cada vez mais independentes, ou seja, o contato com o vendedor só acontece (se ocorrer) mais para frente na jornada, quando ele já tem informações suficientes para embasar sua decisão.

Bom, ao combinar todas essas questões podemos começar a entender porque alguns consumidores preferem os chatbots, mas também separei aqui outras vantagens do chatbot para eles ser o queridinho das novas gerações de clientes.

Confira:

  • Chatbots dão respostas rápidas;
  • Chatbots oferecem suporte 24 horas por dia, 7 dias por semana;
  • Chatbots são a melhor opção para resolver questões simples;
  • Chatbots são convenientes e fáceis de usar;
  • As novas gerações amam chatbots.

Como criar o seu próprio chatbot para geração de leads?

Sabia que em apenas cinco passos e menos de 10 minutos você pode ter um chatbot para geração de leads em seu site? E o melhor: de forma gratuita!

Vamos às etapas:

1. Inicie a sua demonstração

Comece acessando o site da Leadster e clicar em “VER DEMONSTRAÇÃO”. Você será direcionado para a página de acesso e assim poderá criar rapidamente a sua conta.

Você precisará fornecer a url do site da sua empresa, seu nome, e-mail profissional e telefone.

Crie sua conta

2. Configure sua conta

Com a conta criada, você precisará configurá-la, informando o que você realmente espera para a sua empresa.

  • Defina seu objetivo:
Defina seu objetivo
  • Defina o segmento da sua empresa:
Defina o segmento da sua empresa
  • Escolha as características do seu atendente virtual:
Escolha as características do seu atendente virtual
  • Crie uma chamada de conversão personalizada:
Crie uma chamada de conversão personalizada
  • Visualize a demonstração do assistente em seu site:
Visualize a demonstração do assistente em seu site:

3. Finalize o seu primeiro fluxo

Agora você precisa configurar o fluxo relacionado ao chatbot, veja o que precisará fazer:

Finalize o seu primeiro fluxo
Clique em editar
  • Defina em quais páginas do site o chatbot será exibido:
Defina em quais páginas do site o chatbot será exibido
  • Construa o seu fluxo de perguntas
Construa o seu fluxo de perguntas
  • Defina seus critérios de qualificação
Defina seus critérios de qualificação
  • Direcione os leads para os canais apropriados
  •  Integre com suas plataformas de marketing:
 Integre com suas plataformas de marketing:

4. Ative a Leadster no seu site

Você pode ativar a Leadster com a instalação de um plugin em plataformas já configuradas ou através de instalação via código.

  • Instale com WordPress;
  • Instale com Wix;
  • Instale com Google Tag Manager;
  • Instale via código.

5. O resto é com a Leadster!

Prontinho, o seu chatbot para captura de leads já está rodando e você já pode começar sua estratégia! 🥳

E aí, pronto para colocar esse passo a passo em prática? Se sim, saiba que você pode fazer isso agora mesmo e de forma gratuita!


Aproveite os 14 dias de Demonstração Gratuita da Leadster para já enfrentar as pedras no caminho da geração de leads!

Categorias: Chatbot

Beatriz Testa

Redatora na Leadster e jornalista em formação. Há 2 anos trabalhando com SEO, Marketing de Conteúdo, Hard News e muito mais!

0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *