O Marketing de Conversação é uma das estratégias mais potentes para geração de leads, processos de vendas, atendimento e suporte ao cliente.

Ela reúne ferramentas e soluções pensadas para cada etapa do funil de vendas e torna possível que os negócios cresçam em larga escala.

Quer saber mais sobre ela, quais são os tipos de aplicação, benefícios e muito mais sobre essa tendência que segue crescente em 2022?

Continue a leitura e tire todas as suas dúvidas. 

O que é Marketing de Conversação?

O que é Marketing de Conversação?

O Marketing de Conversação ou Marketing Conversacional torna possível o diálogo entre marca e consumidores em tempo real, de forma personalizada, simulando um atendimento humano e auxiliando os consumidores em diferentes fases do funil de vendas.

Através de ferramentas como assistentes virtuais e chatbots, utilizando para tal tecnologias como Big Data e Inteligência Artificial, o Marketing de Conversação traz os visitantes, leads e clientes para conversas interativas, captando dados, qualificando e gerando engajamento, satisfação e melhora na experiência do consumidor. 

Exemplos de Marketing de Conversação

Exemplos de Marketing de Conversação

Qualquer forma de comunicação com seu visitante ou cliente, através de uma ferramenta de automação, pode fazer parte de sua estratégia de Marketing de Conversação.

Existem alguns formatos de ferramentas que podem ser aplicadas nos mais diversos canais, como telefone, WhatsApp, site, redes sociais, etc.

Chatbots

Chatbot nomeia um tipo de sistema de inteligência artificial que gera conversas automatizadas e de interação entre sistema e consumidores, através de textos pré-definidos.

Essa ferramenta pode ser aplicada simulando o atendimento humano dentro de um contexto com o qual o consumidor já está familiarizado: o das mensagens instantâneas. 

A interação é criada através de scripts — uma série de questões, palavras-chave ou opções de escolha que podem ser abordadas pelos usuários e através das regras pré-definidas em sistema, com respostas rápidas de reação a cada uma delas.

Podem ser utilizados para esclarecer dúvidas, abordar ativamente visitantes, auxiliar os processos comerciais e até mesmo processar pagamentos.

Chatbots também têm a função de guiar o consumidor através da jornada de compras, entendendo qual é a maturidade de cada indivíduo em relação à conversão e oferecendo o tipo de conteúdo persuasivo certo para ele. 

Chat online

Chats online, bastante aplicados em sites e aplicativos, como suporte, SAC e atendimento, são desenvolvidos para fornecer informações ou sanar dúvidas sobre um produto, serviço ou funcionalidades.

Esse tipo de chatbot funciona como uma espécie de FAQ automatizado e é interessante porque entrega para o visitante, de forma rápida, exatamente a resposta para a dúvida que ele tem, sem que este precise procurá-la.

Assistentes virtuais

A principal diferença entre assistentes virtuais inteligentes e chatbots é o tipo de dinâmica, regra e tecnologia explorada.

Ao mesmo tempo em que precisam ser capazes de responder às dúvidas, precisam fazer isso de forma humana, conversacional e com entretenimento. 

Assistentes virtuais inteligentes funcionam com base em Machine Learning, com processamento mais robusto e que vai aprendendo conforme a quantidade de dados captado aumenta.

Exemplos como Siri, Alexa e Google Assistant se encaixam na classificação de assistentes virtuais, com maior complexidade e capazes de armazenar dados e aprender com eles através do tempo. 

 Você também pode se interessar: Chatbot de Marketing ou Atendimento? Como Escolher o Melhor Chatbot para a sua Empresa

5 Benefícios do Marketing de Conversação

5 Benefícios do Marketing de Conversação

1. É personalizável

As ferramentas como chatbots ou assistentes virtuais inteligentes possibilitam a personalização das interações conforme as necessidades e respostas do usuário. 

Como a ferramenta é centrada no consumidor, ela é capaz de entregar o que o visitante quer, da forma mais simples e da maneira mais rápida possível.

2. Aumenta as taxas de conversão

Essas ferramentas melhoram as taxas de conversão, uma vez que são mais atrativas do que formulários estáticos e que deixam os usuários mais confortáveis em disponibilizar os dados de contato, através de atendimento personalizado e de diálogo mais fluido entre marca e consumidor.

3. Gera leads mais qualificados

Ao oferecer atendimento rápido, facilitado e personalizado para os visitantes ou usuários, a sua marca conquista informações relevantes em todo contato ou interação. 

Com um atendimento automatizado você é capaz de trabalhar de uma forma mais dinâmica do que com formulários estáticos, capta dados do seu lead e já começa desde o começo da interação a qualificar esse contato.

Você gera assim um conhecimento mais profundo sobre os consumidores, já que coleta um volume muito maior de informações.

4. É escalável

A automatização dos processos e das ferramentas no Marketing de Conversação é o que permite que a ferramenta seja uma opção de interação escalável.

Com uma ferramenta não existe limite para a quantidade de atendimentos.

Os chatbots e assistentes virtuais podem responder às dúvidas dos visitantes e usuários durante todo o tempo, 24h e todos os dias da semana: quando é mais conveniente para o consumidor. 

5. Possibilita a análise de dados

Você passa a saber o volume e origem de seus leads, em tempo real e com dados para tomada de decisão de forma estratégica. 

Como as ferramentas são todas digitais e automatizadas, a análise de resultados também é simplificada e muito mais segura, já que os dados ficam registrados.

Muitas ferramentas apresentam, inclusive, acesso a dashboards e extração de relatórios com os resultados, tornando o processo de análise ainda mais fácil. 

Por que você deveria usar o marketing de conversação em 2022

Por que você deveria usar o marketing de conversação em 2022

As ferramentas de Marketing de Conversação funcionam melhor do que formulários estáticos, abrem espaço para diálogo fluido com visitantes, leads, clientes e usuários, consegue atingir larga escala e oferecer personalização no atendimento.  

Se você ainda está em dúvida, saiba que o Marketing de Conversação é indicado para você principalmente se:

  • Quer intensificar a qualificação dos contatos gerados;
  • Deseja automatizar o atendimento e suporte ao cliente;
  • Entende que o usuário demanda por respostas imediatas no atendimento e  resolução de dúvidas para as funcionalidades do seu produto;
  • Quer colocar seus vendedores em ações mais estratégicas;
  • É uma empresa do setor B2B e quer mudar ou implementar uma nova forma de atendimento e processo de vendas;
  • Tem como prioridade remover os pontos de fricção da jornada de compras;
  • Quer melhorar a satisfação do consumidor e experiência do mesmo com a sua marca.

Conclusão

Quer aprofundar seus conhecimentos sobre Marketing de Conversação e entender que tipo de solução seria a ideal para você?

Aqui, no blog da Leadster, compartilhamos toda a expertise que reunimos sobre chatbots e assistentes virtuais nos últimos anos.

Confira também estes outros conteúdos:

Boa leitura!

Compartilhe agora!

Fernanda Andreazzi

Estrategista de conteúdo na Leadster, atua há 5 anos com Marketing Digital, Inbound Marketing, SEO - e tudo o que há de bom