Uma das ferramentas mais exploradas no marketing digital para captação de leads é a Landing Page.

Este tipo de página, focada em conversão, pode ser utilizada em diferentes estratégias e para diferentes momentos do funil de vendas. 

Se você quer saber:

  • O que é e como funciona essa ferramenta;
  • Como ela se diferencia de um site institucional;
  • Quais são os tipos mais comuns de Landing Page;
  • Quais são as regras para ter páginas de conversão de sucesso;
  • As melhores práticas voltadas para conversão,

e ainda conferir uma lista prática de exemplos de Landing Pages para se inspirar, continue a leitura deste conteúdo completo que preparamos sobre o tema. 

Vamos lá?

Vá direto ao ponto
Melhores Exemplos de LPs

O que é uma Landing Page?

O que é uma Landing Page?

O termo Landing Page pode ser traduzido para o português como “página de destino” ou “página de aterrissagem“.

Ele é utilizado para se referir às páginas que são criadas com um objetivo muito claro de conversão.

Toda a estrutura, conteúdo e distribuição desse tipo de página segue esse foco e a Landing Page é o destino de diversos canais da marca.

Você pode, por exemplo, destinar os links de uma campanha de mídia paga para uma determinada Landing Page, pois o conteúdo dela é o que você deseja entregar ao visitante.

Landing Page x Site institucional

A grande diferença entre Landing Pages e sites institucionais é que as Landing Pages são criadas com objetivos específicos e foco em conversão.

Elas podem ser utilizadas para transformar visitantes em leads, oferecer atrativos para qualificação dos leads de vendas já gerados ou até mesmo para a conversão de vendas

Páginas de um site institucional podem ser utilizadas com essa função de Landing Page, mas as Landing Pages não necessariamente precisam fazer parte do site institucional da marca ou empresa.

 Leia também: 50 Estatísticas de Marketing Digital para 2023

Qual a função de uma Landing Page?

Qual a função de uma landing page?

A função principal da Landing Page é estimular a conversão.

E com conversão queremos dizer aquele objetivo traçado para a página, podendo assumir diferentes funções.

Pode ser a conversão de um visitante em lead, de um lead em lead qualificado, de um lead qualificado em venda…

De forma geral, a Landing Page precisa atrair e prender a atenção do usuário, passar a mensagem de forma rápida e clara e direcioná-lo para uma ação.

Este pode ser o preenchimento de um formulário estático, a criação de um cadastro, a interação com um chatbot e até mesmo o fechamento de uma compra.

Panorama de Geração de Leads no Brasil 2023 - Leadster
 Leia também: 9 Decisões que Você Pode Tomar AGORA para Melhorar a Taxa de Conversão do seu Site

Tipos de Landing Page

Tipos de Landing Page

Como comentamos, diferentes exemplos de Landing Pages podem ser utilizados para diferentes propósitos.

Os formatos também se adequam, além dos objetivos, aos diferentes estágios de compra do público desejado.

Destacamos aqui alguns dos principais formatos:

Página de captura

Focada na conversão de visitantes em leads, as páginas de captura oferecem algo de interesse do usuário, que em troca fornece dados pessoais de contato. Com esses dados em mãos, sua empresa pode começar um relacionamento mais próximo e o trabalho de qualificação através do funil de marketing e vendas desenhado.

Com a Leadster você consegue fazer páginas de capturas personalizadas para cada campanha, objetivo, destino e público.

Vamos ao exemplo:

 Leia também: Gerador de Leads: 19 Melhores Ferramentas de Captação de Leads Qualificados para seu Site

Página de qualificação (Progressive Profile)

As Landing Pages também podem ser utilizadas para qualificar os leads que você já tem na sua base, ao entender se eles estão avançando no funil e ao identificar se eles têm o perfil desejado para se tornar, futuramente, um consumidor. Nas LPs de qualificação, como você já tem um relacionamento entre usuário e marca, fica mais fácil de conseguir outros dados e informações relevantes sobre ele.

Vamos ao exemplo da Drift, em que, após o usuário converter no material rico, ele é redirecionado para essa página com um chat no canto, tentando uma nova qualificação.

Página de agradecimento (Thank you page)

A LP no formato de página de agradecimento, ou Thank You Page, é utilizada logo depois da página de captura ou de qualificação. Depois da conversão, o usuário é redirecionado para essa página, que costuma ter uma mensagem de agradecimento, além de poder conter indicações de outros materiais de interesse ou próximos passos.

Vamos ao exemplo da Olist:

Página de vendas

Landing Pages também podem ser usadas no fundo do funil, com objetivo de conversão de clientes. Esse tipo de LP deve descrever os benefícios dos produtos ou serviços, pode apresentar provas sociais, oferecer testes gratuitos e possuir uma chamada focada no fechamento da compra.

A própria Leadster possui várias LPs desse tipo, cujo objetivo é gerar mais vendas. Veja um exemplo voltado às empresas B2B que desejam mais orçamentos qualificados:

Como criar uma Landing Page?

Como criar uma Landing Page?

Existem algumas formas de criar uma Landing Page.

Alguns softwares e plataformas são pensadas especialmente para esta finalidade, além dessa ferramenta poder ser encontrada em ferramentas completas de automação de marketing.

Alguns exemplos desse tipo de recurso são: HubSpot, RD Station, MailChimp, Unbounce, etc.

Outra forma de incluir as LPs na estratégia é através da contratação de freelancers, agências e desenvolvedores, que podem tanto utilizar as ferramentas citadas quanto construir páginas do zero.

 Leia: Otimização de Site: É Melhor Focar em SEO ou Conversão?

Os segredos das LPs que convertem

Os segredos das LPs que convertem

1. Elas são focadas no público-alvo

Para que uma LP tenha seu objetivo alcançado, é preciso que ela acerte em cheio a linguagem, expectativa e desejos do público que se deseja atingir.

E isso só vai acontecer se houver uma compreensão do público e do mercado.

Faça pesquisas com consumidores reais, explore os históricos de comunicação da sua marca, revisite os resultados obtidos com cada material e ação.

Conheça quem é o seu consumidor, entenda em que fase do funil ele chega até aquela página e aplique a linguagem certa para os usuários.

Foque nas dores e necessidades deles, em como eles procuram soluções, em como consomem informações, produtos e serviços de diferentes empresas e diferentes segmentos.

 Saiba mais: ICP, Persona e Público-Alvo: Não Confunda esses 3 Conceitos

LPs podem ser divulgadas em e-mails, fluxos de automação, links nas redes sociais e blogs, anúncios dos mais diferentes formatos.

E você precisa garantir que o gancho utilizado para chamar a atenção do usuário para o clique seja condizente com o que ele vai encontrar na Landing Page. 

Afinal, não existe nada mais frustrante para um visitante do que clicar em um anúncio e não encontrar o que foi prometido ali.

A comunicação e os elementos utilizados também valem como uma continuidade através desse percurso.

Por isso, mantenha uma identidade e padronização.

3. Elas são claras, objetivas e atraentes

Você tem poucos segundos para prender a atenção do visitante e convencê-lo sobre a ação desejada.

Por isso, páginas de conversão bem-sucedidas têm foco na oferta de forma clara e atraente.

Faça seu visitante decidir rapidamente que aquela é a página em que precisa converter para obter um benefício que fará diferença para ele.

 Você também pode gostar: Princípios de Títulos que Convertem: Validados com 215 Mil Testes

4. Elas possibilitam a análise de resultados

Seja qual for a plataforma ou contratação escolhida para para montar a sua Landing Page, certifique-se de que você terá acesso aos dados da página.

São essas métricas que possibilitam o entendimento da eficácia e o histórico da página, além da possibilidade de acompanhar as otimizações feitas e os resultados delas.

As métricas definirão seus objetivos, próximas ações e darão insights sobre o que funcionou ou não com o seu público, para que você construa Landing Pages cada vez com melhores taxas de conversão.

 Saiba mais: 15 Passos para Criar Landing Page de Alta Conversão + Checklist Gratuito

15 melhores exemplos de landing pages para gerar mais leads

15 Melhores exemplos de Landing Pages para gerar mais leads

Quer incluir Landing Pages na sua estratégia e pegar algumas inspirações para começar?

Confira nossa seleção:

Netflix

A Netflix utiliza, como Home Page do site, um dos melhores exemplos de Landing Page.

Com abordagem direta e focada no produto, ela estimula já o fechamento da compra, sem ser muito invasiva com quem ainda não chegou neste estágio do funil.

Por que essa Landing Page é uma boa referência? 

De forma simples, direta e sem pedir muito do visitante (apenas o e-mail), a LP da Netflix passa a mensagem de forma rápida e clara.

O ponto de conversão, com formulário e CTA está bem no centro da tela.

O restante dos elementos é mais discreto, como o fundo, que ao mesmo tempo mostra exemplos do que o usuário vai encontrar ao criar uma conta. 

Só depois de fisgar o usuário ele é redirecionado para a página de criação de cadastro, em que outros dados são necessários.

Quinto Andar

Aqui trazemos uma dobradinha da marca.

Em uma mesma Landing Page ela explora dois importantes recursos de persuasão para proprietários que querem colocar um imóvel para alugar: o comparativo com a concorrência e a prova social.

Por que essa Landing Page é uma boa referência? 

A Landing Page oferece os benefícios e argumentos de venda que são mais importantes para o público, além de gerar identificação com os depoimentos de outros proprietários que tiveram uma experiência positiva na plataforma. 

Outro diferencial é o formulário fixo na lateral da página, que pode ser facilmente acessado para conversão a qualquer momento e que deixa claro que o proprietário só faz algum tipo de pagamento depois de garantir o fechamento do aluguel do seu imóvel.

Pipedrive

O Pipedrive, ferramenta de CRM, deixa claro, nas primeiras linhas de texto, o que o usuário pode perder ou ganhar com a conversão.

Por que essa Landing Page é uma boa referência? 

A Landing Page garante um benefício claro e convincente, de acordo com as dores do público, além de apresentar uma demonstração do produto, através de dois recursos: um vídeo e um teste gratuito. 

Além disso, o teste ainda pode ser feito sem incluir cartão de crédito — e essa informação foi colocada estrategicamente logo abaixo do CTA, eliminando uma objeção de conversão rapidamente.

Assertiva Soluções

Com o oferecimento de um software B2B para empresas com clientes devedores, a Assertiva Soluções aposta em um Landing Page como Home do site.

Por que essa Landing Page é uma boa referência? 

Este, dentre os exemplos de Landing Pages, também apresenta ao visitante os benefícios na primeira dobra da página, além de dois CTAs para diferentes momentos de fase de funil: um para saber mais sobre a solução e outro para a demonstração gratuita. 

Esta LP também se destaca por não oferecer um formulário estático para conversão.

O usuário pode acessar, a qualquer momento da navegação, o chatbot que torna a conversão mais pessoal e personalizada.

Unbounce

Nada melhor do que um exemplo de Landing Page de uma ferramenta pensada para essa finalidade.

O Unbounce, já citado aqui no post como uma das plataformas mais conhecidas para criação de páginas e automação de marketing, também utiliza páginas de conversão para captação e qualificação de leads.

A página abaixo foi desenvolvida com este segundo propósito.

Por que essa Landing Page é uma boa referência? 

Aqui também vemos o uso de um chatbot ao invés de um clássico formulário estático, o que torna a página mais atrativa e aumenta as chances de conversão.

Esse tipo de recurso também é interessante para qualificação, já que solicita as informações pessoais do lead de forma mais dinâmica, enquanto ele interage com o assistente virtual. 

As informações da página também são bem detalhadas (lembre-se que estamos falando se uma página de qualificação, o lead já conhece e tem um relacionamento com a marca).

Mesmo com mais informação, a marca distribui as informações mais relevantes com elementos diferentes de destaque, que chamam a atenção ao primeiro olhar e deixam claros os benefícios da oferta.

Para finalizar, a LP coloca peso na oferta, com a logo de outras marcas envolvidas no produto e com o depoimento de quem já teve acesso ao conteúdo proposto.

Conversão Extrema

A Conversão Extrema é um curso online voltado para aqueles que desejam acelerar o aprendizado sobre marketing digital e seguir para o seu próximo nível de faturamento utilizando a internet.

Por que essa Landing Page é uma boa referência? 

Essa LP apresenta tudo o que pode da empresa em poucas palavras, com um design minimalista e com CTAs espalhados ao longo da página.

Podemos ver logo de cara um botão convidando para entrar na lista de espera, sendo essa a primeira conversão da LP.

Logo em seguida, conhecemos mais sobre a empresa, seus benefícios, é inserido mais um bloco de conversão, seguido de um sobre como o curso funciona e, para fechar, os gatilhos de autoridade e prova social, apresentando sua certificação e feedback positivos de clientes.

Mixpanel

Empresa voltada à análise de negócios, a Mixpanel rastreia as interações do usuário com aplicativos da Web e móveis, fornecendo ferramentas para comunicação direcionada a eles. Os dados coletados são usados ​​para criar relatórios personalizados, além de medir o envolvimento e a retenção do usuário.

Por que essa Landing Page é uma boa referência? 

Essa LP é o exemplo perfeito do que um usuário que busca plataformas de SaaS precisa.

Logo no início você já é convidado a fazer um tour pela plataforma, elemento fundamental para escolher ou não um produto. 

Em seguida vemos quais são os clientes dessa plataforma e mais informações sobre o seu uso e benefícios.

Trulia

No mercado imobiliário online, Trulia é o responsável por facilitar o processo de compradores e locatários. É possível encontrar casas e bairros por meio de recomendações, insights locais e sobreposições de mapas que oferecem detalhes sobre um trajeto, escolas, igrejas e empresas próximas.

Por que essa Landing Page é uma boa referência? 

Nessa LP você não precisa ficar procurando o campo de busca, na verdade, ele já está ali logo no topo chamando sua atenção.

Afinal, ele faz a questão que você mesmo deve se perguntar ao buscar por essa compra “Descubra o local que você amaria viver”.

A página foi feita para você explorar ao máximo as suas opções, sem recursos atrapalhando ou CTAs desnecessários.

Leadster

A plataforma de marketing conversacional, Leadster, oferece um chatbot de marketing e vendas que vai aumentar sua geração de leads, qualificá-los, gerar mais orçamentos, agendar suas reuniões automáticas, entre muitas outras funcionalidades.

Por que essa Landing Page é uma boa referência? 

Essa LP da Leadster mostra a fundo como a plataforma foi essencial para os resultados obtidos pelo seu cliente.

Além de possuir uma chamada para conversão no canto inferior direito da página, a LP possui outros blocos de conversão ao longo do texto que estão relacionados aos dados apresentados e benefícios da ferramenta.

 Leia também: Como Gerar Leads B2B? As Estratégias Mais Atuais

Airbnb

A corretora atuante no mercado digital, Airbnb, visa oferecer locações de forma intuitiva, fácil e rápida.

Por que essa Landing Page é uma boa referência? 

O objetivo dessa página é atrair novos anfitriões para o Airbnb. Para atingir essa meta, eles já mostram quanto você pode ganhar em apenas 7 noites (você mesmo pode ir alterando conforme a quantidade de noites).

Além de mostrar também quais os valores cobrados por outros hosts na região em que você mora.

Assim, são as informações mais persuasivas para convencer um possível host.

Duolingo

O Duolingo é uma plataforma móvel de aprendizado de idiomas. Nela os clientes praticam vocabulário, gramática e pronúncia, além de fazer exercícios de tradução escrita, compreensão de leitura e fala.

Por que essa Landing Page é uma boa referência? 

A LP do Duolingo já mostra logo de início qual a ideia, objetivo e diferencial do produto: “O jeito grátis, divertido e eficaz de aprender um idioma!”

Em seguida, já temos um CTA que direciona para criação de conta de forma destacada e abaixo há um carrossel apresentando as línguas ensinadas, mostrando mais uma vez o diferencial da plataforma.

TAG

A TAG é um Clube de Assinatura de Livros que envia um livro surpresa por mês para os assinantes, dentre outros serviços. 

Por que essa Landing Page é uma boa referência? 

A TAG possui uma LP com pouco conteúdo, mas com a quantidade necessária para o entendimento e conversão do leitor.

São utilizadas frases objetivas, design que chama a atenção, além de dividirem bem cada assunto e acrescentaram os CTAs no momento certo.

Snapchat

O Snapchat é uma rede social que tem o objetivo de compartilhar fotos e vídeos com seguidores, sendo que o diferencial é que o conteúdo fica disponível por um curto período.

Por que essa Landing Page é uma boa referência? 

A LP do Snapchat é uma boa referência por explicar o que é a plataforma, seus objetivos e vantagens, além de colocar vídeos e gráficos animados para chamar a atenção e tornar o conteúdo mais dinâmico, além de explorar muito bem a paleta de cores da marca.

Alura

A Alura é uma plataforma online de cursos voltados para tecnologia.

Nela, você tem acesso a cursos de programação, front-end, data science, devops, UX & design, mobile e inovação & gestão.

Por que essa Landing Page é uma boa referência? 

A LP da Alura tem o objetivo de vender, simples assim.

Logo no início da página temos os preços bem destacados com os planos e o que está incluso em cada um deles, seguido de um CTA: “Matricule-se”.

Além de também apresentar alguns benefícios da plataforma nessa LP, a página finaliza com depoimentos de atuais e antigos clientes.

RD Station

A RD Station é referência de marketing digital na América Latina, a empresa oferece uma ferramenta de automação, além de CRM de vendas.

Por que essa Landing Page é uma boa referência? 

A LP da RD Station mostra logo de início o objetivo da página que é converter seu acesso em uma criação de conta e, consequentemente, realizar um teste grátis da plataforma.

A página explica de maneira breve e objetiva quais são seus produtos, os respectivos benefícios e o que aqueles que já usaram, ou usam, tem a dizer.

Seu diferencial é contar também com um chatbot de conversão no canto inferior direito da página.


Com essas dicas e exemplos, você já pode começar a construir as Landing Pages da sua marca para a estratégia de captação de leads. 

Lembre-se que alguns fatores aumentam ainda mais as taxas de conversão, e que você pode unir outras ferramentas com as LPs para melhorar seus resultados.

Este é o caso do marketing conversacional, com os chatbots aplicados às páginas, em substituição aos formulários estáticos.

Esse tipo de marketing torna possível o diálogo entre marca e consumidores em tempo real, de forma personalizada, simulando um atendimento humano e auxiliando os consumidores em diferentes fases do funil de vendas.

Quer saber mais sobre o assunto? Confira o conteúdo “Marketing Conversacional: O Guia Completo”.


Gustavo Luby

CMO da Leadster, há 6 anos empreendendo no setor de tecnologia, apaixonado por CRO, Growth Hacking e Mídia paga.

0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *