Em um cenário em que 68% das empresas estão lutando com a geração de leads, até faz sentido cogitar as listas de leads, mas isso não significa que essa prática não seja arriscada – ou até mesmo efetiva.

Essa estratégia, por mais que pareça fácil, pode trazer alguns problemas para a sua empresa, além de muitas vezes mais atrapalhar do que ajudar.

Por isso, chegou o momento de explorar esse assunto, finalmente desvendar se vale a pena ou não comprar listas de leads e qual é o seu real custo-benefício.

Mas, antes de adentrarmos nessa estratégia, vamos falar um pouco sobre geração de leads, garanto que ajudará ainda mais seu entendimento.

Vamos lá!

Já falamos muito sobre geração de leads por aqui…

Já falamos muito sobre geração de leads por aqui…

Não tem como falar de lista de leads sem tratar sobre geração de leads de vendas e todos os conceitos que a englobam.

Por isso, vamos explorar aqui o que são os tão famosos leads, qual a definição de geração de leads e suas listas.

Vamos lá!

O que é um lead?

Na área de marketing e vendas, o lead é um consumidor em potencial que já forneceu dados pessoais e de contato para uma empresa

Um usuário se torna um lead toda vez que acessa um blog, site, landing page, ou outro canal de comunicação, preenche um formulário de contato, fornecendo dados como nome, e-mail e telefone. A partir dessa etapa, sua equipe de vendas é acionada e já recebe as informações desse recém-tornado lead.

Não parando por aí, dentro do assunto, temos os leads qualificados, que nada mais são do que usuários com todas as características de um cliente em potencial da empresa, que já mostram interesse e já dão um match com o seu negócio.

Saiba mais: Passo a passo: Como Conseguir Leads Qualificados em 2023

O que é geração de leads?

Se leads são os clientes em potencial, podemos definir geração de leads como a estratégia desenvolvida pelas empresas para captar esses contatos.

A geração de leads pode ser feitas de diversas formas, dentre elas:

Para ajudar ainda mais o seu processo de captura de leads, existem ferramentas que podem até ser chamadas de geradoras de leads, para saber quais são as melhores do mercado, aconselho você a dar uma olhada nessa nossa lista: Gerador de Leads: 19 Melhores Ferramentas de Captação de Leads Qualificados para seu Site!

O que é uma lista de leads?

Eu citei algumas formas de captar leads acima, certo? Mas então vamos entender o que é uma lista de leads.

Listas de leads são planilhas com milhares de contatos de usuários reais, podendo ter sido captados tanto por outras empresas, quanto organicamente, pela sua

Nesse formato, as informações das listas são estabelecidas conforme a necessidade da empresa, estabelecida por perguntas de qualificação, como:

  • Qualificação geográfica – ex: Onde você mora?
  • Qualificação pessoal – ex: Qual é o seu cargo?
  • Qualificação comercial – ex: Qual dos nossos produtos você conhece?
  • Tempo e dinheiro – ex: Qual é a sua urgência na contratação?
  • Decisores – ex: Quais são suas principais métricas de sucesso?

Ok, até aí parece um método bom, né?

Porém, caso a lista de leads seja comprada, isso pode levar a contatos de usuário aleatórios, que muitas vezes nem sabem que tiveram os dados coletados. Mas fique tranquilo, pois vamos abordar essas questões mais a frente.

Mas o que é a Compra de Leads então?

Mas o que é a Compra de Leads então?

A compra de leads é um método rápido, fácil e barato de conseguir contatos de possíveis clientes para então encaminhá-los para as abordagens de vendas.

Você deve estar se perguntando o que isso tem a ver com a lista de leads, certo? 

Pois bem, as listas de leads não estão soltas na internet, existem empresas que as vendem, ou seja, ao utilizar essa estratégia você estará comprando seus leads e não os captando de forma orgânica.

Por mais que essa oferta seja tentadora, você deve prestar atenção no que realmente está investindo e quais são suas vantagens e desvantagens.

Primeiro de tudo, pense:

Você tem certeza que sabe o que vai comprar? 

Imagine o seguinte cenário, um anúncio pago aparece para você com a seguinte chamada “Lista de leads com mais de 1.000 contatos para prospectar”, parece tentador, não é?

Mas, como pode existir uma solução tão simples e barata para um cenário tão concorrido, como vimos no início do texto?

É aí que você deve desconfiar e se perguntar:

  • Qual a qualidade desses leads?
  • Quais informações de contato estarão disponíveis?
  • O que será preciso fazer após adquirir a lista?
  • Quantos deles vão resultar em vendas?

Lembre-se do ditado popular: “de graça, nem injeção na testa”.

Para evitar problemas, você precisa primeiro definir qual é o seu lead ideal, pense em suas características, dados demográficos e quais serão as qualificações. 

Resumindo, o lead deve estar dentro do seu Perfil de Cliente Ideal (ICP), posso garantir que serão poucos os leads certos que virão nessa tão esperada lista de ouro.  

Quais leis podem ser descumpridas ao comprar uma lista de leads?

Você já chegou a se perguntar de onde vêm os dados desses leads? É curioso, não é?

Muitas vezes os dados coletados vêm de bases de dados como da Receita Federal, ou seja, o usuário concedeu suas informações por um motivo, mas você estará as coletando para outra questão completamente diferente e sem ter sua permissão.

É importante se atentar que estamos falando sobre a privacidade dos usuários: dados pessoais e de contato estão resguardados por diversas leis ao redor do mundo, e no Brasil não é diferente.

Ao utilizar informações pessoais sem a permissão do usuário, você estará infringindo a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) aqui no nosso país.

Ok, mas o que é a LGPD?

A LGPD, que entrou em vigor em 2020, estabelece regras para a proteção de dados pessoais. Seu objetivo é garantir que as empresas tratem os dados pessoais legalmente e transparente

Essa lei exige que as empresas obtenham o consentimento explícito dos indivíduos antes de coletar e usar seus dados, além de notificar as autoridades de proteção de dados em caso de violação de dados.

Só com essa breve explicação já dá para notar que as listas de leads vêm burlando algumas regras, não é? 

Afinal, ninguém diz a você de onde vieram os dados coletados ou se as pessoas permitiram que eles fossem concedidos para tal uso.

Vantagens e desvantagens de comprar uma lista de leads

Vantagens e desvantagens de comprar uma lista de leads

Agora que já sabemos um pouco mais sobre a lista de leads e todo processo que a envolve, vamos aos pontos positivos e negativos.

Vantagens

  • Poupa trabalho e tempo – você não precisará ir atrás dos leads e atrair mais tráfego para seu site, blog ou LP, a lista de leads dará os dados em suas mãos.
  • O custo é baixo – na maioria dos casos, as listas de leads são baratas. Mas, fique atento àqueles fatores que compõem o preço total para você, como custo do lead, taxa de conversão em vendas, ticket médio e custo da operação etc. 

Desvantagens

  • Não são leads qualificados – os leads das listas são aleatórios, é muito provável que nem sequer passem perto de precisar do que o seu negócio oferece. 
  • Os leads não são exclusivos – as listas de leads estão disponíveis no mercado para quem se interessar, então você não será o único a contatar os usuários daquela planilha.
  • Seu e-mail vira spam – sabe aquele seu primeiro e-mail de contato? Ele vai virar spam, porque o lead não faz ideia de como você conseguiu o contato dele.
  • Muitos e-mails sequer existem – os e-mails que estão nesta lista de leads podem ser falsos, inventados apenas para chamar sua atenção.
  • Empresas especializadas não trabalham com isso – não há empresas sérias e que utilizam lista de leads, porque elas sabem que o retorno é baixo e pode haver prejuízo.

Qual a melhor forma de obter leads na internet, então?

Qual a melhor forma de obter leads na internet, então?

Já citamos aqui algumas estratégias para você gerar leads, desde formas orgânicas, até o tráfego pago.

Mas, existem outras estratégias que podem aumentar sua geração de leads. Você vai precisar do auxílio de uma ferramenta, os geradores de leads, como mencionamos lá em cima. 

Dentre alguns deles, podemos citar:

  • Chatbots, como da Leadster e Intercom;
  • Botão do WhatsApp como da Leadster e RD Station;
  • Construtores de Landing Pages, como da Unbounce e Instapage;
  • Criadores de Pop-up, como da OptinMonster e Potp.in;
  • Plataformas de anúncios, como Facebook Ads e Google Ads;
  • Ferramentas de Prospecção Ativa, como LinkedIn Sales Navigator e Ramper.

Porém, vamos nos aprofundar mais em uma estratégia rápida, fácil e muito efetiva que pode aumentar em até 3 vezes a geração de leads do seu site

Vamos a ela!

Como criar uma lista de leads de forma legal e autêntica em 5 passos simples

Como criar uma lista de leads de forma legal e autêntica em 5 passos simples

É bem simples, na verdade, basta contar com a Leadster!

A plataforma de marketing conversacional oferece a você um chatbot de marketing e vendas que, através de abordagens personalizadas, vai chamar a atenção dos usuários e começar uma conversa de forma ativa, coletando os dados legalmente.

Para isso, você pode simplesmente implementar um chatbot grátis com a Leadster. Vamos ao passo a passo:

  1. Inicie a sua demonstração gratuita – acesse o site da Leadster e clique em “VER DEMONSTRAÇÃO”. Em seguida, crie rapidamente a sua conta;
  2. Configure sua conta , defina seu objetivo, segmento da sua empresa, escolha as características do seu atendente virtual, crie uma chamada personalizada e visualize a demonstração em seu site;
  3. Finalize o seu primeiro fluxo – vá até “Gerenciar Fluxos”. Defina em quais páginas o chatbot será exibido, construa seu fluxo de perguntas, defina os critérios de qualificação de leads, distribua os leads para os canais certos e integre outras plataformas;
  4. Ative a Leadster no seu site – ative o seu chat via plugin em plataformas já configuradas (como WordPress) ou via código;
  5. O resto é com a Leadster!

Caso você não tenha um site, pode criar uma página de captura com a Leadster, como nesse exemplo: https://app.leadster.com.br/capture/H4ZhXZmZ5rmGIR1a.

Para criar sua página de captura, são apenas 4 etapas:

  1. Acesse a Ferramenta e clique em “Gerenciar Fluxos”;
  2. Selecione o fluxo que deseja utilizar como “Página de captura” e clique em editar;
  3. Clique na opção “Página de Captura”;
  4. Copie o link da página e compartilhe.

E aí, pronto para gerar leads de forma legal, rápida, efetiva e automática?

Se já quer colocar o passo a passo acima em prática, comece agora mesmo o nosso Teste Grátis por 14 dias e comprove os resultados por si mesmo!


Gustavo Luby

CMO da Leadster, há 6 anos empreendendo no setor de tecnologia, apaixonado por CRO, Growth Hacking e Mídia paga.

0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *