Oi, marqueteiro!👋 Começando sua estratégia de marketing empresarial agora?

Então segue nesse conteúdo porque ele foi feito para você!

Logo abaixo você vai ficar por dentro dos principais conceitos de marketing, entender como começar, além de aproveitar algumas dicas essenciais que vão preparar você para o agora.

Bora lá?

O que é marketing?

O que é marketing?

Marketing nada mais é do que um tipo de ciência voltada à criação e divulgação de valor sobre um produto, serviço ou marca.

O marketing visa chamar a atenção do consumidor, despertando o desejo ou até mesmo “abrindo os olhos” para algum problema, a fim de, ao final, convencê-lo a comprar.

Não parando por aí, “o que é marketing” é apenas a ponta do iceberg de diversos conceitos que abrangem essa ciência. 

Logo abaixo vamos entrar em mais duas explicações, confira:

🔎Leia também: Marketing digital para iniciantes: 15 dicas e 6 ferramentas

O que é marketing empresarial?

O marketing empresarial nada mais é do que a aplicação dessas estratégias que falamos dentro do marketing em geral, focando sempre em alcançar os objetivos do negócios

Para que esse tipo de marketing funcione, é necessário compreender o mercado em que a empresa atua, além de analisar as dores, necessidades e desejos do público. A partir disso, a empresa conseguirá desenvolver produtos e serviços que estejam alinhados tanto com as metas do negócio quanto as vontades dos consumidores.

Ou seja, o marketing empresarial é uma forma de atingir os resultados esperados e planejados de uma empresa.

O que é marketing B2B e marketing B2C?

Os conceitos B2B e B2C estão relacionados à atuação de uma empresa, mais especificamente para quem ela vende. Como assim?

Bom, B2B significa business to business, ou seja, um negócio que vende para outros negócios. Já B2C significa business to consumer, uma empresa que vende para consumidores.

Ou seja, o marketing B2C vai atingir diretamente o consumidor final, já o B2B atinge outras empresas para que essas possam atingir, por fim, o consumidor final.

As principais diferenças entre esses dois conceitos são:

  • Processo de compra;
  • Decisores e influenciadores;
  • Tempo de fechamento;
  • Ticket médio;
  • Forma de pagamento;
  • Estratégias de marketing;
  • Canais de aquisição;
  • Perfil do vendedor;
  • Argumentos de venda.
🤿 Se aprofunde: 13 Diferenças de Vendas B2B e B2C e como Otimizar sua Estratégia

Como (e porque) começar a aplicar o marketing para empresa

Como (e porque) começar a aplicar o marketing para empresa

Muitas empresas começam apenas com um departamento comercial, mas perceber a necessidade de divulgar mais a sua marca ou de estar presente nas mídias digitais pode ser um ponto de partida para entender que você quer começar a investir em marketing.

Quer fortalecer o reconhecimento da sua empresa? Reforçar a autoridade da sua marca? Divulgar um novo produto ou serviço? Aumentar sua geração de leads? Fechar mais vendas? Atingir um novo público? Conquistar mais clientes?

Sim, essas são apenas algumas das situações em que você já pode aplicar o marketing em sua empresa. Se você se enquadra em alguma delas, corre para investir nessa estratégia.

Lembre-se que, por meio do marketing, a empresa entende melhor o mercado, identifica as necessidades dos clientes e desenvolve novos produtos e serviços que atendam melhor essas necessidades.

Qual a importância do marketing empresarial?

Qual a importância do marketing empresarial?

Ok, vimos acima em quais situações você pode (e deve) aplicar o marketing empresarial, mas o que realmente ganha-se com isso?

Separamos aqui 5 pontos importantes que decorrem do investimento em marketing👇

Ele aumenta as vendas

Se sua empresa visa lucro, aumentar as vendas sempre vai ser o principal desejo, certo?

Pois bem, essa meta pode ser atingida através de diversos tipos de estratégias de marketing.

Ao investir em mídia paga, marketing de conteúdo, inbound e/ou outbound marketing, você terá várias táticas sendo aplicadas para atrair mais usuários, educar seu público, converter leads e, consequentemente, aumentar suas vendas.

Ele comunica os valores da sua marca para o mundo

Ao aplicar o marketing empresarial, você estará divulgando por meio de artes, conteúdos, materiais ricos, entre outros, os princípios e crenças-base que guiam o comportamento e tomada de decisão do público.

O marketing será seu canal de comunicação com investidores, funcionários, fornecedores e público. 

Constrói relacionamentos

O marketing empresarial considera as necessidades e desejos dos clientes, prezando a maior satisfação e lealdade à marca

Por meio dessa estratégia você oferece um atendimento ao cliente de qualidade, promove eventos de networking, oferece promoções e descontos especiais, entre outros.

Engaja a equipe

Por meio do marketing, você cria uma cultura empresarial forte, alinha os objetivos e ainda inspira os funcionários a se envolverem com a marca

A sua marca acaba incentivando a própria equipe na criação de conteúdo e estratégias de marketing, pois estará muito mais próxima dos valores da empresa.

🔎Leia também: Gerente de marketing: especializações e 10 responsabilidades

Fideliza clientes

Por fim, como o marketing empresarial vai te ajudar a criar uma imagem única da marca, proporcionar um bom atendimento e ainda construir um relacionamento forte com os clientes.

O resultados serão clientes mais fiéis, atendimento de qualidade e que, muito provavelmente, serão aqueles a promover o tipo de marketing boca a boca.

🧐Saiba mais: [Guia completo] Como ter sucesso no pós-vendas

Passo a passo para começar a atuar com marketing na empresa

Passo a passo para começar a atuar com marketing na empresa

Agora que você já sabe da importância do marketing empresarial, vamos ao passo a passo de como aplicá-lo em sua empresa!

🔎Leia também: 85 Ferramentas de Marketing para Virar o Jogo da sua Equipe

1. Conheça os 8Ps do marketing

Também conhecido como mix de marketing, e o que uma vez já foi apenas os 4Ps de marketing, os 8Ps são um conjunto de elementos que abrangem as principais ações de marketing e vendas de uma empresa.

Antes de estabelecer qualquer estratégia, você precisa entender cada um desses Ps e aplicá-los em seu negócio.

Conheça abaixo cada um desses Ps:

  • P de Produto – base da sua empresa, ele atenderá as necessidades dos seus consumidores e assim haverá retorno para sua empresa;
  • P de Preço – o que trará receita a sua empresa, ou seja, é a quantidade de dinheiro que o consumidor paga pelo produto e os benefícios gerados;
  • P de Promoção – são canais de distribuição e aos pontos de venda utilizados pela sua marca;
  • P de Praça – as estratégias estabelecidas para estimular a demanda pelo produto junto ao público-alvo;
  • P de Pessoas – aqui estamos falando do marketing de relacionamento, estratégia que visa aproximar o cliente da empresa;
  • P de Processos – chamado de marketing interno, esse P diz respeito às ações internas da empresa, seus fluxos e organização;
  • P de Programas – marketing integrado, pense em quais são os programas que estão presentes em sua estratégia de marketing e vendas;
  • P de Performance – marketing de performance, está relacionado a como você vai medir os seus resultados.

2. Estude o seu mercado (e a concorrência)

Tem seus 8Ps definidos? Ótimo, vamos agora ao estudo do seu mercado e análise de como está a concorrência.

Faça pesquisas, colete dados e estude os artigos e relatórios mais recentes, além de acompanhar seus principais concorrentes. 

Dessa forma você vai criando uma boa análise de segmentos e terá maior embasamento para criar e aplicar suas estratégias.

3. Entenda mais sobre as pessoas que você quer atingir

Com o estudo feito, chegou o momento de estudar seu público-alvo, conhecer as pessoas com quem vai falar.

Faça pesquisas de marketing que não apenas respondam questões demográficas, mas também as necessidades, desejos e comportamentos de seus clientes potenciais. 

Lembre-se que quanto mais você souber sobre as dores e vontades de seu público, melhor poderá adaptar sua oferta de produtos ou serviços para atender às suas demandas.

Pensando em como fazer essa análise, aproveite o Framework de Públicos da Leadster, basta baixar – é gratuito!

4. Defina suas prioridades, metas e objetivos

Sabe o filme que ganhou o Oscar em 2023, Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo? Pois é, não podemos seguir isso no marketing.

Para uma estratégia de marketing empresarial efetiva, você precisa definir metas, objetivos e elencar suas prioridades, do contrário, nenhuma ação será colocada em prática – ainda mais com qualidade.

5. Estabeleça se vai contratar uma equipe ou uma agência

Você vai criar uma equipe de marketing interna ou optar por uma agência de marketing?

Ambas opções têm pontos positivos e negativos, vamos às diferenças:

Uma equipe interna oferece mais controle e flexibilidade sobre a estratégia de marketing, mas pode ser mais caro e demorado. Seus colaboradores serão sempre seus maiores defensores e estudiosos do produto.

Já uma agência de marketing externa pode ser mais prática (com demandas pontuais) e ter mais experiência em vários aspectos do marketing, mas pode ser difícil de controlar, além de ter custos adicionais.

🤿Se aprofunde: É Melhor Contratar uma Agência ou Equipe de Marketing?

6. Avalie seus processos continuamente

Por fim, nós temos que analisar e avaliar seus processos de marketing periodicamente.

Apenas com o acompanhamento do desempenho de suas campanhas de marketing é que você poderá determinar o que está funcionando e o que não está; o que precisa de melhoras e aquilo que não deve continuar.

Exemplos de ações de marketing empresarial bem-sucedidas

Exemplos de ações de marketing empresarial bem-sucedidas

Para fechar nosso conteúdo, nada melhor do que analisar alguns exemplos reais de ações de marketing empresarial que deram certo para você se inspirar.

Bora lá!

1. Marketing conversacional + envio dos leads para o WhatsApp

Você já sabe o que é geração de leads? Se ainda não, primeiro te recomendo se aprofundar no assunto: o Guia Completo sobre Geração de Leads.

Depois disso, vamos à história da Pós PUC PR Digital, empresa de ensino superior que lançou um novo curso em plena pandemia, crise econômica e distanciamento social. 

Por conta do cenário conturbado, ao invés de atrair mais clientes para a instituição, a empresa viu os alunos deixando as salas de aula, até que resolveu lançar um curso inovador e à distância.

Porém, mesmo com o novo curso, a PUC PR se viu com outro desafio: eram muitos leads no site para poucos vendedores, eles não dariam conta.

Até que a faculdade conheceu a Leadster e substituiu o seu antigo botão do WhatsApp, presente no site, pelo chatbot de marketing e vendas

Logo de cara o principal problema foi resolvido, por meio da abordagem proativa e instantânea do chatbot da Leadster, que utiliza o marketing conversacional. A partir disso, apenas os leads qualificados direcionados ao WhatsApp, em que eles já poderiam ser adicionados a uma régua de relacionamento.

O Head de Marketing da empresa, Jhieizer Santos, concluiu que:

“A Leadster caiu como uma luva na nossa estratégia, trazendo para gente o assistente virtual e as ativações via WhatsApp, onde conseguimos dobrar a nossa taxa de conversão de usuários para leads”.

Veja os resultados:

🧐Saiba mais: Como a Pós PUCPR Digital Dobrou sua Taxa de Conversão Integrando Leadster e WhatsApp

2. Campanha de cross-branding que funciona

Em 2012, a GoPro e a RedBull quebraram recordes que nem mesmo existiam quando se uniram para fazer a campanha de cross-branding RedBull Stratos. 

O paraquedista austríaco Felix Baumgartner saltou de uma altura de 39,2 quilômetros. 🤯

Ação essa que faz sentido para as duas marcas, já que ambas apoiam esportes radicais e a filosofia de sempre ir além do seu limite

Nesse caso, a RedBull deu asas a Baumgartner, e a GoPro foi a única capaz de filmá-lo voando, com duas câmeras nos braços, duas nas pernas e uma no capacete do traje pressurizado.

🧐Saiba mais: Como fazer cross-branding e co-branding? Guia completo e 7 exemplos

3. Otimização de campanhas com CRO

A principal plataforma de streaming de filmes e séries atual, Netflix, é um ótimo exemplo de como você pode utilizar a otimização de campanhas com CRO para melhorar a experiência do usuário e aumentar a retenção de clientes.

A Netflix faz testes A/B em seu site para analisar diferentes variações de sua plataforma de streaming. Por exemplo, a empresa testa diversas imagens de capa para suas séries e filmes para ver quais geram mais engajamento e visualizações. 

A marca também já testou diferentes variações de seu processo de inscrição para ver como poderia simplificar o processo para os usuários.

Todos esses testes ajudam a Netflix a identificar o que funcionava melhor em termos de design, layout e fluxo do site, permitindo que fossem feitos ajustes e melhorias para melhorar a experiência do usuário.

4. Marketing que viraliza

Quem aqui lembra dos Pôneis Malditos?

Pois é, essa campanha da Nissan, além de viralizar, nos deixou com uma música chiclete na cabeça que nunca esquecemos.

Vamos à campanha na íntegra:

🔎Leia também: Memes no marketing digital: Como Fazer e 5 Exemplos

5. Social Selling para engajar o público

Antes de falar do exemplo em si, vamos explicar o que é social selling:

Social selling é uma estratégia que une redes sociais, conteúdo e vendas para gerar mais faturamento e crescimento para startups.

Bom, a empresa de informática americana, IBM fez uso dessa estratégia e gerou um aumento de 400% nas vendas

A empresa utilizou o conteúdo corporativo e as redes sociais corporativas para apoiar a equipe de vendas. 


Pronto para implementar o Marketing Empresarial no seu negócio?

Se você quer impulsionar ainda mais sua estratégia, vou indicar novamente um conteúdo para você se tornar perito no assunto: o Guia Completo sobre Geração de Leads!

Com ele você conseguirá entender tudo sobre o conceito, passo a passo, dicas, tendências, além de tirar dúvidas. Acesse agora! 😉

Categorias: Marketing digital

Beatriz Testa

Redatora na Leadster e jornalista em formação. Há 2 anos trabalhando com SEO, Marketing de Conteúdo, Hard News e muito mais!

0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *