Você é do time que acha que investir em mídia paga é sinônimo de investir em Google, Facebook ou Instagram?

Pois saiba que existem diversos outros canais de mídia paga que podem ser explorados nas suas campanhas.

Continue a leitura do artigo que preparamos para descobrir quais são eles. 

Quais são os principais canais de mídia no Marketing Digital?

Quando falamos em ações de marketing digital, estamos falando de conteúdos pensados para as personas de uma marca, em cada estágio da jornada de compras.

Para atingir o público da melhor maneira, são explorados os canais de mídia online, que possuem diferentes características e funções.

A sua estratégia de marketing digital deve ser completa e com um olhar 360°, que garanta a presença digital completa nos canais de mídia.

Em marketing digital, podemos dizer que os principais canais são:

  • Redes sociais;
  • E-mail;
  • Busca orgânica;
  • Referência (referral);
  • Tráfego direto;
  • e Mídia paga.

Aqui, como queremos abordar os canais de mídia que envolvem investimento, vamos focar em todas as possibilidades e opções dentro da mídia paga

  Você também pode gostar: Plano de Mídia Paga 2022: Guia para Criar Anúncios Online

Quais são os principais canais de mídia paga?

A parte de mídia paga, que envolve anúncios criados para promover uma marca, acontece através do investimento em canais como Facebook, Instagram, Google, Youtube, Twitter, LinkedIn e tantas outras plataformas.

Existe também a parte de mídia paga offline, com anúncios em rádio, TV, revistas, jornais e mídia externa. 

Mas, além dos canais de mídia mais tradicionais, existem diversos canais e plataformas que oferecem opções de investimento.

Vamos explicar cada um deles aqui. 

Redes sociais

Hoje grande parte das redes sociais existentes oferecem formas para que as marcas possam criar e patrocinar conteúdos e anúncios, para atingir os usuários que as utilizam.

Confira quais são as opções de canais de mídia em redes sociais:

Facebook Ads

No Facebook Ads você pode criar campanhas para Facebook, Instagram, Audience Network, Messenger e WhatsApp, já que todas essas redes sociais pertencem ao mesmo grupo. 

Instagram Ads

Como comentamos, os anúncios para Instagram (hoje uma das principais redes sociais mundialmente) são criados no Facebook Ads.

Você também pode acessar a plataforma diretamente através do Instagram Ads.

LinkedIn Ads

O LinkedIn também tem a sua própria plataforma de anúncios que são exibidos na rede.

O LinkedIn Ads é a escolha para quem quer fazer anúncios para atingir o público B2B, já que permite a segmentação do público através de critérios como: função, título, nível de experiência, indústria e tamanho de empresa, por exemplo.

Twitter Ads

O Twitter também oferece uma plataforma própria de anúncios para quem quer atingir os usuários que lá estão, a Twitter Ads.

TikTok

Como não podia ser diferente, o TikTok também oferece às marcas a possibilidade de inserir anúncios para os milhões de usuários da plataforma.

O investimento costuma ser alto, mas o diferencial é o alto nível de interatividade dos usuários da plataforma.

Pinterest

Você também pode explorar outra rede social bastante visual para introduzir a sua marca.

Através do Pinterest Ads você pode criar anúncios em formato de Pin patrocinado. 

Redes de pesquisa

Os anúncios através de redes de pesquisa são aqueles que aproveitam as buscas realizadas pelos usuários em plataformas de busca, como Google ou Youtube

Pode ser que você já tenha ouvido falar da plataforma Google Ads como Google Adwords, antigo nome da mesma.

Existem algumas formas de anunciar através do Google — vamos abordar todas elas ao longo do conteúdo — e uma delas é através da rede de pesquisa. 

Assim, ao escolher e comprar palavras-chaves, você monta uma estratégia que aproveita as dúvidas e intenções dos usuários.

A rede de pesquisa do Google abrange Google Search, Google Shopping, Gmail e Google Play.

YouTube Ads

O YouTube Ads, por sua vez, por ser uma plataforma vinculada ao Google Ads, possibilita trabalhar com busca de palavras-chave e incluir anúncios de rede de pesquisa também na plataforma de vídeos.

Bing Ads (Microsoft Advertising)

O Bing, plataforma de busca da Microsoft, apesar de hoje contar com um número menor de usuários do que o Google, também possibilita o anúncio através da rede de busca.

Assim como a concorrente, os anúncios de pesquisa podem aparecer tanto no próprio Bing como no e-mail dos usuários da plataforma, o Outlook.

Redes de display

Já as opções de canais de mídia que oferecem possibilidades de anúncios através de redes de display são aquelas que exibem anúncios visuais em sites e portais parceiros.

Eles também estão relacionados aos interesses e públicos segmentados definidos nas campanhas, mas chamam a atenção por serem mais visuais.

Display (Google Ads)

A rede de display do Google Ads funciona através de banners que são distribuídos entre os milhares de sites parceiros.

Essa é outra forma de aproveitar o grande volume de usuários e também pode ser aplicada a diversas opções na plataforma, como Google Display, Google Play e YouTube.

YouTube Ads

Sim, também é possível aproveitar a rede de display do Youtube, com banners em diferentes formatos e localizações, dependendo das configurações da campanha, que são exibidos enquanto os usuários consomem conteúdo na plataforma de vídeo.

Mídia programática

Outra alternativa ao Google para explorar a rede de display é a mídia programática. 

Neste tipo de canal, os anúncios são disputados em um leilão em tempo real e distribuídos em sites e páginas pela internet, sem que seja necessário o contato com cada um desses espaços, no mesmo esquema de sites e plataformas parceiras.

Conteúdo patrocinado

Citamos também outros veículos de comunicação que disponibilizam espaço para conteúdo patrocinado de forma independente, como jornais, revistas e portais de notícias.

No caso dos canais de mídia online, destacamos duas opções:

Taboola

O Taboola é uma plataforma de anúncios menos conhecida e que se destaca das outras por ser do perfil de anúncios nativos. Ou seja, aqueles que não se parecem com publicidade.

No caso do Taboola, os anúncios se convertem em formato de conteúdo de blog.

Outbrain

Já o Outbrain, principal concorrente do Taboola, conta com uma larga rede de parceiros e distribui o conteúdo das publicidades num formato de “recomendações”, com temas de interesse do usuário.

Outros canais de mídia paga

Algumas outras opções de canais de mídia menos tradicionais são:

Waze

Você sabia que é possível incluir anúncios da sua marca no aplicativo Waze?

Se você tem um estabelecimento físico pode incluí-lo no mapa, em formato de Pin, além de também oferecer destaque nas pesquisas no aplicativo.

Você pode conferir todas as opções de anúncio no Waze aqui.

Spotify

Através do Spotify Advertising você pode incluir a sua marca na plataforma em diferentes formatos como áudio, vídeos, playlists patrocinadas e banners.

Plataformas de ABM

ABM ou Account-Based Marketing é uma estratégia que envolve identificar e obter contatos de alto valor comercial, pré-definidos de acordo com os objetivos e personas de cada marca. 

Dessa forma, as campanhas são mostradas apenas para aqueles clientes potenciais que realmente são de interesse.

Apesar de ter custos mais altos do que campanhas tradicionais, a eficácia é maior, já que não atrai um público desqualificado para a sua solução. 

Plataformas de e-commerce

Grandes plataformas de e-commerce, como Mercado Livre, OLX, Amazon e Enjoei também, disponibilizam espaços publicitários para as marcas, cada uma com diferentes opções de formato.

Como Definir os Melhores Canais de Mídia Paga para sua Empresa

As campanhas de tráfego pago fortalecem a presença digital da marca, oferecem possibilidades de segmentação de público e atingem um grupo de consumidores muito diverso, relevante e presente, que em sua maior parte acessa as plataformas diariamente. 

Alguns fatores determinam quais são os melhores canais de mídia para atingir os resultados esperados.

Definir sua persona e seus objetivos, entender e pesquisar o mercado de atuação e os concorrentes, definir a etapa do funil do público que você deseja atingir, tudo isso irá orientar a escolha dos canais certos.

Além disso, determine qual é o ROI esperado e o orçamento disponível.

Recomendamos que você foque em poucos canais, principalmente se tem um baixo conhecimento ou baixo orçamento disponível.

Melhor aprofundar os conhecimentos no canal que tem mais a ver com a sua persona e criar campanhas bem sucedidas lá, do que tentar abraçar o mundo e fazer o insuficiente só para estar presente em todos os canais.

  Leia também: 8 Motivos para você começar a Investir em Anúncios Online

Por que Você Deveria Criar uma Estratégia de Marketing unindo Mídia Paga e Marketing Conversacional

Com tráfego melhor qualificado, as chances de conversão também aumentam.

Se você souber criar ganchos de conversão interessantes e as ferramentas certas para tornar seus visitantes em leads, vai conseguir ter sucesso depois de atraí-los para as suas páginas. 

Para a geração de leads e para aumentar os retornos sobre investimento em anúncio (ROAS/ROI), a combinação de mídia paga e marketing conversacional funciona muito bem,

Isso porque esses visitantes de tráfego qualificado terão atendimento personalizado e, de quebra, a sua marca pode conquistar informações relevantes logo no primeiro contato deles com a sua empresa.

Saiba mais sobre a junção dessas estratégias no post: Por que Você Deveria Criar uma Estratégia de Marketing unindo Mídia Paga e Marketing Conversacional.

Compartilhe agora!
Categorias: Mídia Paga

Gustavo Luby

CMO da Leadster, há 6 anos empreendendo no setor de tecnologia, apaixonado por CRO, Growth Hacking e Mídia paga.