Lançamento: ative a Inteligência do ChatGPT no seu site

Conheça a funcionalidade
/ / Software de Vendas: Melhores Opções para Alavancar o seu Negócio

Sumário

Melhorar as vendas requer energia e dedicação da equipe de vendas para encaminhar os leads do topo até a boca do funil – mas apenas isso não é suficiente para gerar excelentes resultados. 

O mercado tem se tornado cada vez mais digital nos últimos 10 anos.

A pandemia não apenas acelerou o processo de transição, mas também tornou alguns processos totalmente digitais. 

Sendo assim, capturar leads qualificados e convertê-los em clientes pagos, hoje em dia, requer ferramentas digitais precisas.

Para ter sucesso no processo comercial é imprescindível o uso de um software de vendas para gerenciar informações relevantes em um só lugar. 

Escolher um sistema que se enquadre nas necessidades da empresa pode ser um processo complexo.

É por isso que trouxemos esse post sobre os melhores softwares de venda.

Esperamos que possamos te ajudar nesse processo com o conteúdo que vamos compartilhar aqui. 

Categorias de software de vendas

Duas mãos tocando os punhos

É interessante apontar que existe uma gama de categorias de softwares de venda, cada uma atuando em uma parte específica do seu trabalho. 

Existem softwares de vendas, por exemplo, que nem lidam diretamente com a parte operacional das vendas, mas com questões do background, como logística e estoque. 

A questão é que os softwares de vendas são bastante diversos e conhecer essas categorias é bastante importante pra você conseguir tomar uma decisão acertada. 

Nos exemplos de softwares ao longo do texto vamos deixar isso bem mais claro. Mas por enquanto, vamos conversar rapidinho sobre essas categorias? 

Softwares de prospecção de vendas 

Esses são os softwares relacionados ao processo de captar novos clientes para aumentar a sua geração de leads ou para ajudar no cold-calling

Mas geralmente esses softwares atuam mais no Outbound Marketing mesmo, com um foco maior nessa sua característica de apoio ao cold-calling. 

Essa técnica consiste na busca de prospects que não tiveram um contato prévio com a sua marca, e também a sua abordagem. 

Softwares assim são muito aproveitados no segmento B2B, e costumam oferecer outros serviços, como a geração da lista e playbook de abordagem, junto com o sistema. 

Softwares de geração e gestão de leads

Esse tipo de software de vendas foca principalmente no Inbound Marketing e em uma estratégia de geração de leads. 

Funciona assim: o software te oferece uma central para organizar todos os seus esforços de geração de leads, indo desde a criação e publicação de Landing Pages até a automação do contato com esses leads. 

Esses são os softwares de vendas mais conhecidos no mercado, sendo que aqui no Brasil a RD Station é atualmente a maior plataforma do segmento. 

Softwares de Account Based Marketing (ABM)

Esses softwares de vendas são específicos para organizar e centralizar todos os esforços de Account Based Marketing da sua empresa. 

Eles também são bastante específicos para o B2B e compartilham algumas características com os softwares de prospecção, principalmente na parte de organização de contatos e geração de listas de prospects em um determinado mercado. 

Mas no geral, softwares de ABM te oferecem uma grande central que lida com todos os aspectos da estratégia, como e-mail, organização de listas de contato, organização da rotina dos SDRs etc. 

CRMs de vendas

Os CRMs de vendas são mais específicos para o próprio ato de vender. Eles oferecem algumas funcionalidades de marketing, sem dúvidas, mas o seu maior propósito é realmente automatizar rotinas relacionadas com as próprias vendas. 

Através desse tipo de software de vendas, é possível organizar seu Funil de Vendas em um pipeline, sistematizando todo o processo e, assim, reduzindo a sua complexidade. 

Esses softwares também te ajudam na construção do seu próprio Funil, indicando a quantidade de pessoas presentes em cada etapa, formalizando gatilhos e ajudando a entender de forma geral como está a saúde das suas vendas.  

Softwares de automação de vendas

São bastante similares aos CRMs de vendas, muitas vezes cumprindo até os mesmos papéis. Mas a automação de vendas, quando bem estrategizada, faz mais do que construir funis e acompanhar seu desenvolvimento. 

Softwares robustos de automação de vendas tratam da estratégia inteira, incluindo até elementos de automação de marketing — especialmente o Lead Scoring — junto com as suas principais funcionalidades. 

Software de vendas e estoque

Esses são softwares mais simples, relacionados não exatamente com o trabalho de gerar vendas, mas de organizar as vendas que já estão acontecendo. 

Esses softwares são muito comuns no varejo, seja ele físico ou digital. Normalmente, eles organizam os SKUs (os identificadores únicos de cada produto) em estoque, dando baixa nos produtos conforme as vendas vão acontecendo. 

Esses sistemas são fundamentais para qualquer pessoa que trabalhe com a venda de produtos físicos. Trabalhar sem eles hoje é voltar 50 anos para a época dos livros de caixa 😅

No e-commerce, é comum encontrar softwares de vendas e estoque que dão baixa automaticamente nos produtos sendo anunciados em todos os marketplaces assim que uma venda acontece. 

Softwares de análise de dados e gestão comercial

Esses softwares são mais usados por empresas que depositam seu maior foco de prospecção na sua equipe comercial. 

Nesses casos, existem várias estatísticas importantes que influenciam nas estratégias das empresas. Esses dados precisam ser demonstrados para a equipe, porque é através deles que as melhores decisões são tomadas. 

E não só dados como desempenho da equipe, novas vendas, retenção de clientes e outros KPIs relevantes: se possível, dados do seu segmento inteiro. 

Esse trabalho é conhecido como Business Intelligence, e o expoente no segmento hoje é o Power B.I. da Microsoft. 

Softwares de organização e produtividade

Equipes de prospecção ativa têm necessidades bastante específicas de organização, motivação e produtividade. 

Metas precisam ser batidas tanto pelo faturamento quanto para a angariação de dados relacionados à saúde da equipe comercial.

Esse tipo de software busca oferecer uma visão de gestão para todos os esforços da equipe, organizando em uma dashboard simples as tarefas do dia, projetos contínuos etc. 

Softwares de comunicação

Para finalizar, softwares de comunicação não são exatamente softwares de vendas, mas eles têm um impacto bem grande em uma equipe hoje. 

Estamos falando aqui de ferramentas como o Slack, Google Chat, Microsoft Teams etc. Elas permitem a interação não só da equipe, mas também possibilitam reuniões entre os SDRs, os vendedores e seus clientes. 

Ao invés de passar algumas horas no trânsito para fechar uma venda, o representante comercial pode fazer três ou quatro reuniões online e duplicar seu desempenho. 

Essas ferramentas são simplesmente fundamentais em qualquer departamento de vendas. Hoje em dia é praticamente impossível trabalhar sem elas.

Bom, essas são as principais categorias de softwares de vendas (e relacionados). Mas você vai perceber que as fronteiras que separam essas categorias são bem frágeis. 

É muito comum encontrar várias ferramentas que fazem um pouco de tudo. Existem aquelas que focam em alguma área, mas até mesmo essas acabam tendo funcionalidades compartilhadas com outras áreas. 

Você vai perceber isso agora nos exemplos de softwares de vendas. Vem comigo:

Software de vendas: conheça os melhores

Software de vendas: conheça os melhores

Lembre-se que uma vez sua empresa investe em um software de vendas, é necessário treinar o time para implantar o novo sistema no fluxo de trabalho.

Portanto, é interessante considerar primeiro as necessidades de sua empresa no momento da escolha.

Para te ajudar nessa tarefa, listamos os principais softwares e os pontos fortes de cada um deles.

Incluímos também, em cada tópico, as notas e avaliações recebidas pelas plataformas nos principais sites de avaliação de softwares e ferramentas: o B2B Stack e Capterra.

1. Exact Sales – O melhor para pré-vendas

1. Exact Sales - O melhor para pré-vendas

Exact Sales é a empresa que desenvolveu o Exact Spotter, uma ferramenta que potencializa o processo de pré-vendas.

Esse software gera dados sobre os leads para que os vendedores possam ter uma abordagem assertiva com aqueles que já estão no banco de dados.

O diferencial dessa ferramenta é uma função que gera perguntas específicas para cada lead e as respostas, quando inseridas no programa, se tornam dados.

Esses dados gerados direcionam estratégias para cada lead, fazendo um “match” entre o perfil específico de cada cliente e os produtos ideais para serem oferecidos. 

Esse software usa inteligência artificial para guiar a tomada de decisão no momento de filtrar os clientes com maior potencial, assegurando eficácia no processo de vendas.

Além disso, esse sistema inteligente aprende com as vendas que foram efetuadas e as que não aconteceram, direcionando futuras abordagens com maior precisão. 

Conta com recursos para geração e enriquecimento de leads, ativação da base, qualificação, gerenciamento e controle.

Avaliação no B2B Stack: 4.2/5

Sem avaliação no Capterra.

Informações atualizadas em 13/10/2023

2. Salesforce Salescloud  – O melhor para quem quer uma plataforma all-in-one

2. Sales Cloud Salesforce - O melhor para quem deseja uma plataforma all-in-one

O sistema de CRM mais conhecido do mercado, também funciona como um software de vendas integrado.

O Sales Cloud gerencia a lista de leads, identifica oportunidades promissoras, cria relatórios e tem a capacidade de prever vendas. 

Esse software é perfeito para automatizar diferentes fases do processo de venda.

A empresa oferece soluções para as áreas de marketing, vendas e atendimento ao cliente, concentrando todas as informações em uma única fonte de dados.

Através dele é possível criar alertas de acordo com o estágio de negociação de cada lead.

Também pode-se organizar tarefas, gerenciar calendário e sistematizar aprovações. 

Esse programa foi o pioneiro a utilizar a tecnologia de cloud computing, ou computação em nuvem.

Essa tecnologia hospeda dados, informações, recursos e programas na Internet.

Isso permite conectividade em qualquer lugar, ou seja, é possível que o usuário acesse as informações de qualquer computador, tablet ou celular. 

Avaliação no B2B Stack: 4.5/5

Avaliação no Capterra: 4.4/5

Informações atualizadas em 13/10/2023

3. Pipedrive – O melhor para escalar as vendas

3. Pipedrive - O melhor para escalar as vendas

O Pipedrive é um dos líderes do mercado de softwares de vendas porque oferece pacotes para empresas de todos os tamanhos.

Sendo assim, tem um preço bastante flexível o que acaba sendo um ponto muito forte. 

Esse sistema dispõe de uma versão gratuita para teste que possibilita avaliar se ele se encaixa às necessidades de sua empresa. 

Pipedrive é o programa que oferece os melhores relatórios visuais.

Ele disponibiliza métricas detalhadas e categoriza as vendas por produto, permitindo selecionar os próprios filtros para analisar a conversão de vendas

Além disso, é possível projetar vendas futuras usando os dados o que contribui para o planejamento das estratégias e o direcionamento da equipe de vendas. 

Avaliação no B2B Stack: 4.3/5

Avaliação no Capterra: 4.5/5

Informações atualizadas em 13/10/2023

4. EngageBay – O melhor para uma visão holística do consumidor

4. EngageBay - O melhor para uma visão holística do consumidor

Essa ferramenta oferece uma interface intuitiva que facilita a visualização do pipeline de vendas.

Também é possível criar quantos pipelines você desejar, categorizando por produtos, serviços, localidades e qualquer outro parâmetro que se encaixe na realidade da sua empresa. 

Esse sistema se diferencia dos outros por oferecer um módulo chamado de Sales Bay.

Através dele é possível ver detalhadamente cada interação feita com os leads, possibilitando acompanhar o andamento das negociações em tempo real. 

O EngageBay pode ser sincronizado com Gmail, Office365, calendário e outras ferramentas de vendas.

Desse modo, é possível ter um painel comercial integrado, facilitando uma rotina de trabalho organizada.

Sem avaliação no B2B Stack.

Avaliação no Capterra: 4.7/5

Informações atualizadas em 13/10/2023

5. Freshsales – O melhor CRM orientado por contexto

5. Freshsales - O melhor CRM orientado por contexto

Os recursos do Freshsales são similares aos do EngageBay.

O que diferencia esse do anterior é um sistema de ligação integrado e o rastreamento de e-mails, o que gera atualizações das interações em tempo real.

Outro destaque desse programa é o Lead Score.

Esse recurso permite dar uma pontuação para cada lead, classificando-o entre os mais quentes (que estão mais propensos a fechar negócio) e os mais frios (esses que talvez ainda estejam no topo do funil de vendas).

Essa ferramenta calcula automaticamente a pontuação dos potenciais clientes de acordo com as interações e o engajamento delas.  

Esse programa separa os clientes potenciais por segmento de acordo com suas características, e por conseguinte, projeta campanhas futuras de geração de leads específicas para cada segmento. 

Avaliação no B2B Stack: 4.9/5

Avaliação no Capterra: 4.5/5

Informações atualizadas em 13/10/2023

6. Pipeliner – O melhor para integrar com as redes sociais

6. Pipeliner - O melhor para integrar com as redes sociais

O Pipeliner é considerado um programa de CRM que também funciona como automação de vendas.

Ele fornece recursos de interações com os leads, gerenciamento de tarefas, visualização de oportunidades e relatórios específicos para cada estágio do pipeline. 

O grande diferencial dessa ferramenta é o contato com os leads através das redes sociais.

É possível visualizar Facebook, Instagram, Twitter, LinkedIn ou qualquer outra rede social no mesmo programa e interagir com os leads por meio de curtida ou comentário.

Vendas nas redes sociais traz uma dinâmica para o processo de negociação e aproxima o relacionamento com o cliente. 

Sem avaliação no B2B Stack.

Avaliação no Capterra: 4.6/5

Informações atualizadas em 13/10/2023

7. Bitrix24 – O melhor para unificar diversas áreas da empresa

7. Bitrix24 - O melhor para unificar diversas áreas da empresa

Esse programa também se classifica como uma plataforma de CRM e disponibiliza a visualização através de uma linha do tempo.

É possível constatar em ordem cronológica todas as atividades em cada estágio do funil de vendas, além de facilitar a revisão do histórico de vendas de cada lead.  

No Bitrix24 você pode segmentar o público de acordo com o volume de vendas, perfil de compra e características específicas de cada lead.

Isso facilita desenvolver estratégias assertivas para movimentar os leads dentro do pipeline de vendas. 

Outra característica desse programa é a interação com a equipe.

Existem recursos de comunicação que permitem bate-papo individual ou em grupo, além de ser possível levantar enquetes e enviar arquivos dentro do programa. 

A plataforma ainda conta com soluções para as áreas de Marketing, RH, Gerenciamento de Projetos e Atendimento ao Cliente.

Avaliação no B2B Stack: 4.7/5

Avaliação no Capterra: 4.2/5

Informações atualizadas em 13/10/2023

8. Agendor – O melhor para vendas consultivas B2B

8. Agendor - O melhor para vendas consultivas B2B

Agendor é uma plataforma de CRM brasileira com uma interface limpa de fácil entendimento e utilização.

O programa apresenta um painel que facilita a visualização detalhada de cada etapa do processo de vendas, sendo possível prever a eficiência das estratégias aplicadas. 

Um dos pontos fortes desse software é que possui API (Application Programming Interface) aberta para desenvolvedores.

Isso significa que é possível integrar sistemas facilitando a troca de informações e centralizando rotinas. 

Avaliação no B2B Stack: 4.8/5

Avaliação no Capterra: 4.8/5

Informações atualizadas em 13/10/2023

9. Zoho CRM – O melhor para unir marketing e vendas

9. Zoho - O melhor para unir marketing e vendas

Zoho é uma plataforma de CRM estruturada na web, pensada e construída para empresas de todos os tamanhos.

A principal função desse sistema é gerenciar leads, classificando-os em abas que permitem visualizar quem são os prospects e quem são os clientes existentes. 

Esse programa também oferece uma automação de vendas extremamente eficiente e complexa, facilitando o fluxo de trabalho e a adaptação dos processos já existentes.

Na questão de comunicação com os leads, esse software também permite a integração com as redes sociais, e-mail, telefone, SMS, além de conectar com o aplicativo do Outlook.  

Avaliação no B2B Stack: 4.7/5

Avaliação no Capterra: 4.3/5

Informações atualizadas em 13/10/2023

10. Ploomes – O melhor para vendas complexas

10. Ploomes - O melhor para vendas complexas

Ploomes é um programa completo que integra muitos processos em uma só plataforma.

Dentro desse sistema é possível controlar o andamento das vendas, estabelecer um fluxo de trabalho e gerenciar base de dados de clientes (CRM). 

Um ponto forte dessa plataforma é que dentro dela é permitido fazer orçamentos e pedidos de venda, facilitando o trabalho dos vendedores.

Essa característica favorece a operação, deixando o fluxo de venda mais coerente, consequentemente, gerando resultados eficientes. 

Avaliação no B2B Stack: 4.8/5

Avaliação no Capterra: 4.9/5

Informações atualizadas em 13/10/2023

11. HubSpot Sales – O melhor para crescer e escalar

11. HubSpot Sales - O melhor para crescer e escalar

Esse sistema é perfeito para construir processos relevantes de venda.

A melhor parte dessa plataforma inteligente é que não demanda habilidades de codificação para saber utilizar efetivamente esse software.

Isso ajuda a poupar tempo na hora de automatizar operações vitais de vendas. 

Uma vantagem desse software é lembretes e e-mails de follow-up personalizados, que transformam a comunicação em uma abordagem extremamente próxima e pessoal.

Também possui integração com o Outlook e Gmail, e um recurso interessante: gera uma notificação se o prospect realiza ações como abrir um e-mail ou clicar em algum link. 

O HubSpot Sales conecta bem com as soluções de marketing, criando uma sinergia de informações possibilitando o monitoramento do funil de vendas e da performance dos vendedores.

Se sua empresa tiver um processo simples de vendas, você pode usar a versão gratuita por tempo indeterminado.

Avaliação no B2B Stack: 4.5/5

Avaliação no Capterra: 4.5/5

Informações atualizadas em 13/10/2023

12. Zendesk Sell – O melhor para uma experiência do cliente de ponta a ponta

12. Zendesk Sell - O melhor para uma experiência do cliente de ponta a ponta

Zendesk é uma plataforma com ênfase no atendimento ao cliente, que oferece também uma solução de CRM de vendas.

Essa empresa oferece uma solução para suporte em qualquer canal de comunicação e fidelização dos clientes. 

Esse software é ideal para uniformizar e padronizar a qualidade do atendimento, mantendo a personalização da experiência de cada cliente. 

Avaliação no B2B Stack: 4.0/5

Avaliação no Capterra: 4.3/5

Informações atualizadas em 13/10/2023

Quais são as principais funcionalidades de um software de vendas

Mulher com expressão de dúvida ao lado de ícones de alvo e gráfico

Antes de escolher qual software atende melhor às necessidades da sua empresa, é preciso entender o propósito de ter um sistema de vendas integrado com o processo comercial.

Um software de vendas ideal pode ser decisivo na eficiência dos resultados de vendas porque otimiza e acelera o processo.

Otimização e aceleração, porém, são dois conceitos muito específicos. Seu departamento comercial tem necessidades únicas: é preciso conhecê-las e entender as funcionalidades dos softwares para acelerar sua rotina e gastar menos.

Nós já conversamos um pouco sobre essas funções ali na parte sobre as categorias de softwares de vendas. Mas vale a pena relembrar com essa lista rápida. Deixe salvo ✅

Algumas das funcionalidades mais comuns de um software de vendas são:

  • Cadastro de Clientes: Registrar novos clientes, manual ou automaticamente, e atualizar suas informações em tempo real. Fundamental para qualquer sistema, não é possível trabalhar nada sem poder cadastrar novos clientes;
  • Pipeline de vendas: Visualizar com clareza o pipeline de vendas, possibilitando um maior controle da jornada do consumidor e a abordagem dos contatos que estão mais avançados no funil.
  • Lead Scoring: Classificar e priorizar leads utilizando um sistema de lead scoring. O funcionamento é simples: de acordo com gatilhos que você estabelece, o lead vai ganhando pontos que indicam sua maturidade em relação a compra. 
  • Previsão de vendas: Prever e projetar negócios com fechamento próximo, auxiliando na definição de metas e KPIs. Parte do trabalho do Lead Scoring é garantir essa previsibilidade, mas existem outras técnicas bastante importantes. Saiba mais no nosso texto específico sobre o tema: 
🤿 Se aprofunde: Dicas para Não Errar na sua Previsão de Vendas
  • Histórico do relacionamento/compras: Ter acesso a um histórico detalhado de compras e do relacionamento com cada cliente é fundamental para as equipes de venda hoje. Isso permite abordagens personalizadas que aumentam e muito as chances de vender para um cliente. 
  • Orçamento de Vendas: Realizar orçamentos e encaminhar propostas de vendas com mais facilidade. Hoje, as empresas com maior grau de automação das vendas já conseguem enviar orçamentos dentro de 5 minutos para seus clientes em potencial. 
  • Gerenciamento de estoque: Gerenciar entradas e saídas de produtos, especialmente necessário para e-commerces e PDVs.
  • Ferramentas de pagamento: Possuir integração com as principais plataformas de pagamento, ou oferecer uma opção embutida. Também muito importante no e-commerce. 
  • Alertas personalizados: Criar alertas automáticos para oportunidades no funil, follow-ups, reuniões etc.
  • Relatórios: Gerar relatórios com dados detalhados que ajudam a direcionar e aperfeiçoar as estratégias de venda.

O que procurar nos melhores softwares de vendas?

Duas mãos se cumprimentando.

Devido à grande variedade de softwares de vendas, às vezes escolher o melhor para a sua empresa pode se tornar uma tarefa complexa.

A fórmula parece simples: as funcionalidades do software de vendas precisam estar alinhadas com as necessidades da sua empresa. 

Mas ao mesmo tempo, existem várias interações entre essas funcionalidades que fazem a diferença na hora de escolher. 

Por exemplo: talvez seu software de vendas não ofereça integração com seu chatbot para gerar leads. Nesse caso, seria necessário exportar sua lista manualmente todo dia. 

Isso pode parecer uma inconveniência, mas na verdade afeta o funcionamento de todo o seu departamento. Só nesse exemplo, você perde de 30 minutos a uma hora por dia fazendo essa manutenção.

Por isso vamos salientar alguns pontos para você levar em consideração no momento da decisão. Veja: 

Interface amigável, facilidade de implementação e de uso

Esse é um ponto muito importante para se considerar. É interessante perceber se o sistema tem uma interface amigável e intuitiva, para que seja fácil usar e implementar na rotina de trabalho.

Pense por esse lado: se é você quem está fazendo a compra do produto, você vai se familiarizar com ele em um nível muito alto. Vai fazer testes, vai conhecer todas as funcionalidades e vai participar de reuniões avançadas de demonstração. 

Mas no dia a dia, quem vai usar o produto vai ser a equipe. Mesmo com treinamentos, é importante que o sistema seja simples de utilizar para que a rotina de trabalho não seja impactada por esse nível extra de complexidade. 

Visualização clara dos processos e resultados

Também é importante que tenha um design limpo que permita visualização clara dos processos e dos resultados.

Todos os softwares de vendas precisam contar com uma dashboard clara e que transmita as principais informações sobre o desempenho da sua equipe a uma primeira olhada. 

Isso porque, mais uma vez, o sistema não vai ser usado só pela sua equipe e nem só por uma pessoa. Todos os que têm algum tipo de interesse na situação das vendas da empresa precisam dessas informações. 

Imagine um diretor pedindo para abrir o sistema no meio de uma reunião. O mínimo a se esperar é que a dashboard entregue as informações que ele precisa ali, instantaneamente. 

Notificações instantâneas

Sabemos o quanto pode ser corrida a rotina de um analista de vendas, portanto é relevante ter notificações instantâneas para facilitar a fluidez da rotina de trabalho.

E mais do que isso. Hoje em dia, seu lead qualificado espera uma resposta rápida, praticamente de imediato. E para isso, as notificações do seu software de vendas precisam ser instantâneas. 

Se alguém pede um orçamento no seu site, o CRM de vendas precisa imediatamente notificar a equipe comercial. Não há outra forma de trabalhar sem ser assim. 

As notificações, então, aumentam suas vendas e melhoram seu relacionamento com o cliente em todas as etapas da Jornada de Compras

Integração com outras ferramentas de marketing e vendas

Esse ponto também é importantíssimo e já até conversamos sobre ele de forma bem simples ao longo do texto.

Notar se o software possui integração com outras ferramentas de marketing e vendas evita confusão desnecessária entre os processos.

É extremamente importante que todas as ferramentas “conversem entre si” para criar coesão entre as equipes. 

Seu software de vendas precisa se integrar com outras ferramentas do mercado. Isso porque existem muitos tipos de trabalho sendo realizados de forma concomitante em uma estratégia de marketing e vendas. 

A geração de leads, por exemplo. Essa é uma das integrações mais básicas que um software de vendas precisa oferecer: assim que um lead converte em qualquer outra ferramenta que você usa, ele deve cair automaticamente no software de vendas. 

O caso dos chatbots é urgente nesse sentido. Eles aumentam muito a taxa de conversão do seu site, e o seu sistema de vendas precisa fazer a captação desses leads automaticamente através de integrações simples. 

Automação de processos

Para facilitar o dia-a-dia da equipe de vendas e agilizar o andamento das negociações, é imprescindível que o software da sua escolha auxilie na automação de processos.

Automação não significa “deixar o software fazer tudo sozinho”. Na verdade, estamos falando aqui sobre um auxílio em tarefas simples e necessárias para a sua estratégia. 

O exemplo do item acima é uma automação. Talvez você precise enviar uma grande quantidade de e-mails para os seus clientes: seu software de vendas também pode fazer isso. 

Automatizar rotinas, porém, depende do tipo de sistema que você está utilizando. Não vão ser todos que vão oferecer o caso dos e-mails, por exemplo.

Por isso, é importante elencar quais são as automações que vão fazer mais sentido para a sua operação antes de avaliar os produtos disponíveis, ok? 

Acesso remoto por celular

Nessa realidade digital que estamos inseridos, é fundamental que a plataforma tenha acesso remoto por celular para que seja possível lidar com demandas de qualquer parte do mundo.

Esse é um ponto que não é discutido o suficiente. Equipes de vendas, especialmente as com foco em prospecção ativa e Outbound, estão sempre se movimentando. 

O software de vendas que permite e facilita o acesso remoto acaba tendo um impacto muito positivo na sua rotina comercial. É possível acompanhar toda a organização do time de qualquer lugar, e isso vale ouro. 

Foque, porém, na usabilidade dessa visualização. Ela precisa ser instantânea e completa — a única coisa que muda é que você está vendo no smartphone, e não no computador.

Suporte técnico e solução de dúvidas

Seu software de vendas precisa oferecer um suporte robusto. O motivo é simples: se ele para de funcionar, a sua estratégia inteira fica prejudicada. 

Considerar o suporte técnico e a solução de dúvidas pode ser chave para o sucesso da implementação do sistema nos processos da empresa.

Foco em implementação. O suporte começa aí, nos treinamentos oferecidos, na relação de parceria que vai sendo construída pouco a pouco. 

Em muitas ferramentas o suporte acaba sendo um extra, e tendo um valor extra também. No momento da decisão, sempre pergunte sobre esse ponto para evitar surpresas no futuro. 

Como escolher o melhor software de vendas para implementar na sua empresa?

Pessoa desenhando um caminho entre um cliente e a venda

Agora que você já sabe quais pontos se atentar no momento de pesquisar o melhor software de vendas, trouxe aqui algumas dicas voltadas para o que analisar na hora de fazer suas pesquisas pela melhor solução. 

E além disso também: essas dicas vão te ajudar a saber o que perguntar na reunião de apresentação da ferramenta (se tiver) ou quais pontos analisar quando você estiver iniciando o seu teste. 

Vamos ver alguns pontos: 

Escolha as funcionalidades de acordo com as suas necessidades

Dica: faça uma pequena lista antes, elencando quais são as necessidades mais urgentes que a sua empresa tem. 

É quase como um diário. Comece com “Eu estou buscando um software de vendas por…” e siga daí em diante. 

Com essa lista na mão, você evita alguns percalços clássicos do processo, como pagar a mais por funcionalidades que você nem estava precisando ou acabar descobrindo depois da contratação que você precisava de mais outras.

Certifique-se de que o software venha para facilitar a rotina

Esse também é um erro clássico. Muitas empresas acabam contratando um software de vendas super robusto sem pensar se elas realmente precisam de tantas funcionalidades. 

Pior: sem pensar se a equipe está preparada para lidar com um sistema tão complexo. 

Na hora de contratar um software de vendas, o melhor é não exagerar nem ser conservador demais. Busque exatamente as funcionalidades que sua equipe precisa e espera. 

Tenha a certificação de quem vai utilizar a ferramenta no dia-a-dia

Muito importante: seu processo não precisa ser solitário, envolvendo só a gestão e o setor de compras. 

Aliás, é melhor que ele não seja. A equipe comercial que vai usar o software de vendas precisa se envolver também. 

Com o apoio da equipe, todos os passos que elencamos até agora ficam muito mais simples e seguros. Você consegue uma consulta direta com quem vai usar o software para embasar suas decisões. 

Mas cuidado: a equipe também pode se empolgar. Tenha sempre um pouco de cautela ao determinar as funcionalidades necessárias, ok? 

Consulte outras equipes que podem ser impactadas

Por fim, a última consulta que você precisa fazer é a com pessoas de outras áreas que vão ser impactadas pela mudança da rotina. 

Um software de vendas pode ter impactos na área jurídica da sua empresa, por exemplo, ou na contabilidade. 

Converse com esses setores para entender suas necessidades e evitar surpresas no futuro. 

Perguntas frequentes sobre softwares de vendas

O que é software de vendas?  

Um software de vendas é uma aplicação digital que ajuda potencializar, otimizar e acelerar o ciclo de venda de produtos ou serviços. 

Também assegura que a equipe de vendas tenha acesso a ferramentas e recursos que vão ajudá-los a alcançar resultados satisfatórios. 

Além do mais, trabalhar com um software de vendas aumenta as chances de converter prospects em clientes pagantes. 

Qual a diferença entre software livre e software comercial?

Um software livre tem licença liberada para todos os usuários. O uso e a distribuição são permitidos sem restrições.

Geralmente, as versões gratuitas são um pouco limitadas, mas funcionam bem para processos simples de vendas. 

Enquanto isso, um software pago só pode ser usado se tiver uma licença comercial.

As versões pagas tem vantagens que os gratuitos não oferecem.

Um grande benefício de contratar um software pago é ter poder fazer backup e restauração dos dados.

Ademais, é possível personalizar em conformidade com seus processos internos. 

A decisão de obter um software gratuito ou pago vai depender muito da realidade da sua empresa e das necessidades específicas do time comercial.

Considerar a produtividade pode ser um bom parâmetro de decisão.

Existe algum software de vendas gratuito?

No início desse artigo listamos os melhores softwares de vendas e alguns deles disponibilizam a versão gratuita, como o Bitrix24, HubSpot CRM e o Pipedrive.

Aqui no Brasil, a RD Station, uma das startups mais famosas do país, também disponibiliza um CRM gratuito

Outro software brasileiro de automação comercial que também oferece uma versão gratuita é o Meets

Quais são os softwares mais utilizados nas empresas?

A implementação de novas tecnologias impulsiona negócios promissores.

Existem dois tipos principais de sistemas que podem ajudar a sua empresa a aprimorar os processos internos: o CRM (Customer Relationship Management) e o ERP (Enterprise Resource Planning).

Outros tipos de softwares mais utilizados são:

Software de gestão financeira

Esse sistema vai basicamente controlar a entrada e saída de dinheiro da empresa. Também é através dele que a empresa vai emitir notas fiscais e gerar boletos, além de gerenciar pagamentos e cobranças. 

Software de controle de estoque

Controlar estoque é fundamental para a eficiência na produção. Saber se há muita demanda ou se existe algum item em desfalque são panoramas vitais que devem ser monitorados. Ter um software que faz isso automaticamente vai acelerar os processos e consequentemente, trazer melhores resultados. 

Software de gestão de projetos

Saber gestar projetos demanda atenção para planejar, executar e documentar cada etapa minuciosamente. Ter um sistema para auxiliar esse processo pode ser bastante vantajoso dependendo do tamanho do projeto que está sendo gerido dentro da empresa. 

Software de gestão de marketing

Dependendo do tamanho da empresa, pode ser bastante interessante investir em uma ferramenta que facilita as campanhas de marketing. Ferramentas que analisam e cruzam dados, identificam oportunidades e ajudam na execução de tarefas podem ser úteis para a equipe de marketing. 

Software de gestão de vendas e de relacionamento com o cliente

Não apenas auxiliam no relacionamento com o cliente, mas também ajudam a reconhecer cada etapa a jornada de venda, além de disponibilizarem análises sobre o perfil comportamental do público-alvo, trazendo uma visão 360 graus sobre os prospects e os clientes. 

Software de gestão empresarial

Esse tipo de sistema vai organizar e melhorar processos básicos de administração de empresas integrando várias áreas como recursos humanos, logística, contabilidade, entre outras. 


Vale ressaltar que os melhores softwares são aqueles que atendem às necessidades específicas da sua empresa. 

Portanto, quando você estiver pesquisando e escolhendo uma ferramenta que seja mais adequada aos processos da sua empresa, procure focar naqueles que se adaptem melhor ao seu negócio. 

Esperamos que as dicas que trouxemos nesse artigo tenha trazido clareza para seu processo de decisão. 

Se você ficou com alguma dúvida, não deixe de perguntar aqui no campo dos comentários! 

Categorias: Vendas

Rafaela Soares

Sales Manager at Leadster - apaixonada pela área de inteligência comercial e comunicação com clientes.

0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *