Um texto focado em converter leads em clientes: esse é o copy para vendas

E para atingir esse resultado não basta um conteúdo de qualidade e bem escrito.

Existem técnicas de escrita específicas e modelos que são estudados e aplicados há tempos para auxiliar os responsáveis por essa parte tão importante dos materiais de venda.

Para te auxiliar nesse desafio, preparamos este artigo, com dicas e 5 modelos de copy para vendas que você precisa conhecer.

Continue sua leitura!

O que é uma copy para vendas?

O copywriting é uma técnica de escrita focada em persuasão e conversão.

E, quando falamos em copy para vendas, o objetivo é atuar na última etapa do funil de vendas, na decisão de compra.

Diferentes áreas do marketing e da comunicação já fazem uso desse tipo de recurso há muito tempo, para publicidade e anúncios em TV, rádio, revistas e mídia externa.

Mas no cenário do marketing digital o termo se tornou ainda mais conhecido e relevante.

Por que o copy é tão importante para converter clientes?

Uma conversão é uma ação mensurável que você espera do seu visitante, lead ou oportunidades.

Pode ser o preenchimento de um formulário, o acionamento do seu chat online, um cadastro para ganhar um cupom de desconto, a realização de um teste gratuito ou, é claro, a finalização de uma compra. 

Na fase final do funil essa conversão é ainda mais relevante, pois é quando uma compra ou contratação é concluída.

Essa é a conversão que as empresas desejam, no fim das contas.

Com a aplicação de textos persuasivos, o público-alvo é estimulado a essa tomada de decisão.

Mais do que criar textos persuasivos, o copy de vendas se preocupa em criar uma comunicação focada na persona e na fase em que ela se encontra na jornada de compras.

  Leia também - Marketing Leads: O que é Lead e Como Gerar Leads em 2021

A diferença entre o copywriting e a redação publicitária

Apesar de serem parecidos em muitos aspectos, hoje o papel do copywriter está um pouco mais distante da publicidade.

Esse profissional cria textos e conteúdos voltados mais especificamente para o marketing digital, enquanto o redator publicitário tem foco em campanhas publicitárias. 

O texto publicitário tem um papel mais específico para vendas diretas e o copywriting tem foco em estratégias de atração e conversão, como Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo, com o objetivo de criar um CTA forte, que direciona e estimula o leitor a concretizar alguma ação imediata.

Melhores modelos de copy para aumentar suas vendas

Com o crescimento e popularização da técnica de copy para vendas, surgiram alguns modelos e formatos que auxiliam os profissionais a escrever textos persuasivos e focados em resultados.

Separamos os 5 modelos de copy para vendas que você precisa conhecer: 

Modelo fórmula A.I.D.A.

O modelo de copy de vendas A.I.D.A. é um dos mais conhecidos.

Ele segue a estrutura do acrônimo que o nomeia, com as iniciais das palavras Atenção, Interesse, Desejo e Ação.

Garantir elementos desses quatro fatores é o que o modelo propõe.

Atenção

Através de promessas cativantes, a atenção do público precisa ser conquistada, em primeiro lugar.

Muitas vezes essa atenção precisa ser conquistada já no título do material, seja este um e-mail, Landing Page ou anúncio focado em conversão.

Interesse

Depois da atenção, precisa existir o despertar do interesse para a mensagem que está sendo transmitida através do texto escrito.

Apenas dessa forma o usuário vai consumir a informação até o final. 

Aqui o escritor precisa criar identificação com o leitor, traduzindo as necessidades que ele tem.

Desejo

O desejo aparece no texto de copy de vendas através da exposição dos benefícios daquela oferta.

Como o seu produto ou serviço desperta o interesse do desejo do consumidor?

Como entrega exatamente o que ele procura?

Essas perguntas devem ser respondidas antes do último passo.

Ação

O conteúdo também deve trazer uma chamada para a ação, através de um Call-to-Action.

Essa é a conversão esperada do usuário, portanto deve ter como foco o benefício que ele terá ao realizá-la.

  Você também pode gostar de ler - Aumente sua Conversão de Leads com 3 Passos Validados em 1600 Sites

Modelo de copy F.A.B.

Outro modelo de copy de vendas é o F.A.B.

Com as iniciais de Features (características), Advantages (vantagens) e Benefits (benefícios), ele propõe que o conteúdo de persuasão foque nesses três aspectos como argumentação de vendas. 

Características

As características do seu produto ou serviço devem estar descritas nos materiais, bem como os detalhes deles que são mais relevantes para a persona.

Vantagens

As vantagens oferecidas ao consumidor também devem estar presente no copy para vendas, sempre com foco nas necessidades, dores, dúvidas ou dificuldades do cliente em potencial.

Benefícios

Por fim, devem ser apresentados também os benefícios do produto ou serviço.

Ou seja, é preciso que fique claro para o usuário como a sua oferta solucionará as necessidades que já foram citadas.

Modelo de copy B.A.B.

Como o nome de B.A.B., fazendo referência às palavras Before (antes), After (depois) e Bridge (ponte), esse modelo simples de copywriting propõe a seguinte estrutura:

Before/ Antes

Em primeiro lugar, deixar claro o problema, necessidade ou desejo do leitor.

After/ Depois

Depois, colocar esse cliente em um cenário em que ele pode facilmente resolver essa questão.

Bridge/ Ponte

Por fim, conectar o problema com a resolução por meio da solução oferecida pela sua marca.

  Recomendamos para você - O que é CRO? 3 Letras que vão Dobrar sua Geração de Leads

Modelo de copy P.A.S.

Já o modelo P.A.S. propõe uma estrutura similar, mas com foco em reforçar o problema, para gerar um senso de resolução mais acelerado no leitor.

Os elementos desse modelo são:

Problema

Abordar o problema enfrentado pelo leitor.

Agitar o Problema

Reforçar que esse problema existe, tem impacto negativo para o consumidor e que pode ocasionar ainda mais questões se não for resolvido.

Solução

Por fim, apresenta-se a solução (seu produto ou serviço) que vai resolver o problema e como.

Modelo de copy 4U’s

Por fim, o último modelo de copy para vendas que trazemos para auxiliar na construção dos seus textos focados em conversão é o copy 4Us.

Ele reforça que o conteúdo deve ter quatro características para funcionar:

Útil

Precisa ser útil para o leitor.

Urgente

Precisa criar senso de urgência.

Único

Precisa mostrar os benefícios da sua oferta, de forma que o leitor entenda que essa oportunidade é única.

Ultra Específico

Precisa ser objetivo e ir direto ao ponto.

Conclusão

Um bom copy para vendas em seus materiais definitivamente irá possibilitar a melhoria das suas taxas de conversão e nos resultados financeiros da sua empresa. 

Para alcançar esses avanços, invista na contratação de profissionais qualificados ou garanta o treinamento da sua equipe com as dicas que apresentamos neste post sobre os modelos de como construir textos persuasivos.

Lembre-se: um bom copy deve gerar conexão e identificação, deve entender e abordar os problemas pelos quais o leitor está passando, deve oferecer a solução e deve criar uma oferta interessante para a persona.

Compartilhe agora!
Categorias: CopywritingVendas

Fernanda Andreazzi

Estrategista de conteúdo na Leadster, atua há 5 anos com Marketing Digital, Inbound Marketing, SEO - e tudo o que há de bom