Sumário

Você já tem a ideia do seu negócio, sua marca, quais áreas pretende atuar e até mesmo uma identidade visual.

Mas, sempre fica a pergunta: “como faço para ser encontrado pelos clientes, sendo uma pequena empresa que não tem um investimento tão alto quanto as demais?

A resposta é: marketing digital.

Muitos podem pensar que essa estratégia é cara, porém, não é necessário investir um valor tão alto como empresas de grande porte para ter um bom resultado.

Pensando nisso, a Leadster preparou esse texto com as 28 estratégias de marketing para pequenas empresas, siga no artigo para saber mais!

Os Desafios do Marketing para Pequenas Empresas

Os Desafios do Marketing para Pequenas Empresas

São muitos os desafios que as pequenas empresas enfrentam com o marketing, principalmente por certas ferramentas terem valor além do orçamento estipulado.

Além disso, muitas dessas empresas pensam que não precisam de um profissional de marketing em seu time, o que pode ser um “achismo” equivocado.

Logo abaixo separamos quatro desafios que as pequenas empresas podem passar, confira!

Falta de Recursos

Diversas pequenas empresas não têm como investir em técnicas de marketing, seja por falta de verba, mão de obra ou tempo.

Porém, é necessário saber que reservar parte do orçamento, tempo hábil do seu trabalho, tecnologia e inovação são essenciais para focar nas estratégias de marketing digital.

Orçamentos mais enxutos

Muitas das táticas e plataformas que o marketing digital demanda podem estar acima do orçamento das pequenas empresas.

Por isso, é muito importante se planejar com antecedência para não haver nenhum estouro do orçamento.

Concorrência de marcas maiores

Nós também temos a questão da concorrência, presente não apenas nas empresas de pequeno e médio porte, mas também, nas maiores e com nome já consolidado.

Adaptação às tendências e tecnologias

Por fim, o empresário de pequenas empresas irá se deparar com o desafio de acompanhar todas as tendências e tecnologias que envolvem o mundo de marketing.

Além de tentar implementá-las em seu negócio.

Mas, fique tranquilo, porque não é só de desafios que o marketing para pequenas empresas vive.

A Leadster traz para você dicas, estratégias, planos e muito mais do que é necessário para montar seu planejamento de marketing.

Siga no texto!

Plano de marketing para pequenas empresas

Plano de marketing para pequenas empresas

Nada melhor do que começar pensando no seu plano de marketing, dessa forma, você já vai conseguir definir objetivos, metas, estratégias, público-alvo e conteúdos que poderá produzir.

Abaixo, você vê o passo a passo de como montar um plano de marketing para a sua pequena empresa.

1. Faça uma Pesquisa de Mercado

Antes de dar qualquer passo, é imprescindível realizar uma pesquisa de mercado, só dessa forma você saberá o que o seu público está pensando, quais são suas dores, quais as plataformas que estão mais ativos, seus concorrentes, entre muitas outras métricas importantes para o seu negócio.

2. Defina seus Objetivos

Já tenha em mente quais resultados quer atingir por meio do marketing digital. 

Uma forma de definir bons objetivos é utilizando o método SMART.

Seus objetivos de marketing devem ser:

  • Specific (específicos);
  • Measurable (mensuráveis);
  • Attainable (atingíveis);
  • Relevant (relevantes);
  • e Time-based (temporais).

Atendendo a esses critérios, seus objetivos serão sustentáveis e transmitirão maior confiança para a equipe.

3. Defina sua buyer persona

Por meio da pesquisa de mercado você já terá uma ideia de quem é o seu público-alvo, porém é sempre bom caracterizar ainda mais o seu cliente, definindo uma persona, assim fica muito mais fácil de pôr em prática as suas estratégias.

Lembre-se que sua persona deve ter uma história por trás, personalidade e objetivos que deseja cumprir.

Quanto mais informações você colher, mais a sua persona estará delimitada a um nicho específico, facilitando o seu entendimento e práticas de marketing.

 Saiba mais: Perfil de Cliente Ideal (ICP), Persona e Público-Alvo

4. Identifique a sua Unique Selling Proposition (USP)

A Unique Selling Proposition (USP) ou, quando traduzido, Proposta de Venda Exclusiva é o que diferencia você dos seus concorrentes.

A USP é a sua Proposta de Valor, a razão para os clientes comprarem de você e não de outras empresas com produtos similares.

Defina o seu diferencial, de um porquê para o cliente comprar de você.

Abaixo vão algumas perguntas para ajudar no processo.

  • O que você mais ama em seus produtos e serviços?
  • Quais habilidades especiais você possui?
  • O que faz os clientes escolherem você ao invés da concorrência?
  • Como os seus clientes se beneficiam comprando seus serviços?
  • Quais aspectos você destaca sobre sua empresa quando a apresenta para terceiros?

5. Fixe o orçamento e as métricas

Parte dos seus investimentos e faturamento devem ser alocados para a área de marketing.

Como, quando e quanto é necessário investir, cabe a você decidir a partir dos seus objetivos.

Agora, para saber como a sua estratégia está indo você precisa acompanhar algumas métricas, só assim conseguirá fazer previsões sobre o seu negócio.

Vamos a algumas delas:

  • Retorno sobre Investimento (ROI);
  • Número de vendas no período;
  • Taxa de conversão;
  • Net Promoter Score (NPS);
  • Mídia Paga; e
  • SEO.

6. Crie suas estratégias

Defina em quais plataformas pretende atuar, a fim de se tornar ainda mais conhecido.

Algumas das estratégias e canais disponíveis são:

  • Site;
  • Blog;
  • Redes sociais;
  • Eventos / Networking; e
  • Branding.

7. Crie um Plano de Ação

Anote tudo o que você pretende fazer quanto ao marketing digital de sua empresa, ou seja, defina quais serão as ações, objetivos, estratégias, responsáveis e prazos.

Tenha também um plano B, caso os seus planos iniciais acabem não dando o retorno esperado.

Neste outro post você confere algumas metodologias para definir o seu plano de ação.

8. Monitore e Revise

Se você quer saber como o seu planejamento de marketing está progredindo, é essencial fazer o monitoramento das métricas estabelecidas.

Apenas dessa forma você saberá se precisa adaptar ou rever algumas das estratégias, como vendas, marketing de conteúdo, branding etc.

Baixar PDF plano de marketing para pequenas empresas

Baixar PDF plano de marketing para pequenas empresas

Para facilitar ainda mais o processo de implementação de Marketing Digital em sua empresa, baixe agora o plano de marketing que a Leadster preparou para você!

Foco no arroz com feijão!

Foco no feijão com arroz!

Como já falamos acima, mesmo que muitas táticas e ferramentas do marketing digital tenham um custo alto, você não precisa focar nas estratégias mais sofisticadas para o seu negócio dar certo.

Foque no método Arroz Com Feijão (ACF), nele você vai cumprir todos os passos necessários para que sua estratégia de marketing tenha bons resultados.

Vamos ao passo a passo!

  1. Entenda o seu negócio – entenda o modelo do seu negócio, estabeleça métricas, preveja impactos.
  2. Defina os canais e processos de venda – quais canais usar, tipos de venda, demais características.
  3. Conheça os clientes – melhores e piores clientes, NPS, quais os medos, desejos e objeções.
  4. Analise os concorrentes – o que eles estão fazendo, pontos fortes e fracos.
  5. Encontre o que causa mais impacto no seu negócio – qual a questão mais importante para focar.
  6. Resolva esse impacto – desenvolva uma estratégia para resolver essa questão importante.

28 Estratégias de marketing para pequenas empresas

28 Estratégias de marketing para pequenas empresas

Agora que você já sabe quais são os seus desafios, como montar um plano de marketing e qual é o método mais adequado para estar focado, vamos às estratégias de marketing para a sua pequena empresa!

1. Branding

Crie uma identidade clara, em que os clientes “batam o olho” e já consigam associar a sua empresa, o que ela faz e representa.

Para isso, você deve ter:

  • Nome adequado;
  • Logotipo; e
  • Identidade visual que transmita a ideia do seu negócio aos clientes.

Quanto mais você encaixar seu nome em sua publicidade, redes sociais, e-mail marketing, entre outros, mais a sua identidade será reconhecida.

2. Tenha um site otimizado para conversões

De nada adianta você chamar seu usuário para o seu site se, quando ele acessar, a página for mal projetada e difícil de entender.

Crie um site claro, objetivo, completo e otimizado para conversões, dessa forma você saberá quantos visitantes do seu site foram convertidos para leads. 

3. Crie landing pages específicas para suas campanhas de marketing

A landing page (LP) é uma página única criada para um objetivo específico, ou seja, para vender um produto, preencher um formulário ou realizar alguma divulgação.

As LPs devem ter conteúdo e design atrativo, para que as pessoas sejam persuadidas a clicar e converter na sua oferta.

4. Escreva CTAs convincentes

Como mais uma parte da estratégia de atração e conversão de leads, o Call To Action (CTA) é uma chamada curta cujo objetivo é despertar o interesse do usuário.

As ações induzidas pelo CTA podem ser desde uma inscrição na newsletter de seu site, até iniciar uma avaliação gratuita de seu produto, então invista muito nessa estratégia.

5. Construa uma estratégia de conteúdo

Use e abuse do inbound marketing, é por meio dele que você poderá divulgar o seu negócio utilizando estratégias de conteúdo.

Ou seja, você deve estabelecer formas de conteúdo, que ajudem o seu negócio ao mesmo tempo que informam os seus clientes.

Vamos a alguns formatos de conteúdo.

  • Blog posts;
  • Webinars;
  • Podcasts;
  • E-mails marketing;
  • Vídeos no YouTube;
  • Ebooks; e
  • Estudos de caso.

6. Crie um blog

Além do blog ajudar no desempenho do seu site, ele tem o poder de dar mais autoridade ao seu negócio, pois, por meio do blog a sua empresa mostra o quanto conhece do nicho onde atua.

Porém, para que o seu blog seja encontrado nos mecanismos de busca, aposte no SEO, estratégia que explicaremos a seguir.

7. Entenda o poder do SEO

É com o Search Engine Optimization (SEO) que o tráfego orgânico do seu site e blog vai aumentar, fazendo com que o posicionamento de ambos melhore nos mecanismos de busca, como o Google.

Para isso, invista nas palavras-chave certas para o seu negócio e confira em plataformas como o SEMrush, quais são os tópicos de sua área com maior volume de busca.

8. Convide redatores para escrever em seu blog e redes sociais

Uma ótima estratégia para dar mais autoridade ao seu conteúdo é convidar pessoas com experiências específicas para produzir os textos para o seu negócio.

Além disso, aproveite contatos que possam render backlinks para o seu blog, ou seja, eles escrevem nas próprias páginas e redirecionam para a sua.

9. Busque oportunidades de co-marketing

Aposte em campanhas promocionais compartilhadas, dessa forma, os recursos de ambas empresas são aproveitados, o público aumenta e um retorno positivo é gerado.

Se você está na dúvida em quais empresas procurar para fazer a proposta, pense naquelas que não são suas concorrentes diretas e que possuem um público similar ao seu.

 Leia também: 13 Diferenças de Vendas B2B e B2C e como Otimizar sua Estratégia

10. Construa parcerias relevantes

Se você já tem contatos profissionais em mente que tenham a ver com o seu negócio, não perca tempo e os transforme em embaixadores da sua marca.

Mantenha contato com esses profissionais, a fim de formar parcerias.

 Leia também: 10 Estratégias de Prospecção B2B das Melhores Empresas

11. Experimente com o marketing nas redes sociais

As redes sociais são essenciais para qualquer tipo de empresa, seja ela pequena ou grande.

É nas redes que você consegue se envolver ainda mais com possíveis clientes e clientes atuais.

Ao apostar nessas plataformas, você também poderá:

  • Aumentar o reconhecimento da sua marca;
  • Aumentar o tráfego direcionado para o seu site;
  • Gerar leads;
  • Distribuir conteúdo;
  • Dar suporte aos clientes; e
  • Aumentar a influência no seu planejamento de marketing.

Veja qual rede social é mais apropriada para a sua empresa e comece a investir nela!

12. Utilize vídeos em sua estratégia

Segundo uma pesquisa da Forbes, 90% dos consumidores afirmam que os vídeos os ajudam na hora de tomar alguma decisão de compra.

A mesma pesquisa aponta que empresas com vídeos em sua estratégia de marketing veem um aumento de 41% em seus resultados.

Então, não desperdice essa oportunidade e comece a pensar em como utilizar esses vídeos nas plataformas – redes sociais, YouTube, site – que utiliza para divulgar sua empresa.

13. Não se esqueça do e-mail

Por mais que muitos não pensem nele, o e-mail marketing traz resultados muito positivos para o marketing de sua empresa.

Pesquisas apontam que 59% dos profissionais de marketing afirmam que o e-mail é sua maior fonte de ROI, além disso, eles também relatam que essa estratégia é um dos primeiros canais de geração de leads.

Então, não deixe de utilizá-lo, seja com newsletters, divulgação de produtos ou de promoções.

14. Teste o PPC

O pay-per-click (PPC) é mais uma estratégia de marketing, nela o anunciante paga toda vez que um usuário clicar em sua propaganda.

Mesmo que haja um custo para o anunciante, os resultados trazidos são muito positivos, uma vez que seus anúncios atingem um público muito maior.

Abaixo temos algumas plataformas para apostar no PPC:

  • Facebook;
  • Instagram;
  • Google;
  • YouTube;
  • Twitter; e
  • LinkedIn.
 Leia também: Plano de Mídia Paga 2022: Guia para Criar Anúncios Online

15. Use o Google Ads

O Google Ads aumenta muito a sua chance de ser encontrado por possíveis clientes.

A ferramenta faz com que o nome da sua empresa apareça antes do seu concorrente, por exemplo.

Por isso, coloque na balança quais investimentos quer fazer, pois a ferramenta é paga, mas vai te trazer muito resultado.

16. Use os anúncios do Facebook

Com os anúncios do Facebook você pode criar anúncios ainda mais específicos, ou seja, filtrar o seu público por idade, gênero, localização, interesses e hábitos.

Dessa forma, a experiência do seu usuário com suas propagandas são mais personalizadas, fazendo com que ele fique ainda mais persuadido a clicar e conhecer sua marca.

17. Ofereça consultorias gratuitas e materiais ricos

Para os seus possíveis clientes, ofereça uma consultoria gratuita, foque principalmente naqueles que estão em dúvida em comprar ou não.

Ofereça materiais ricos para ele sentir ainda mais segurança para adquirir o seu produto ou serviço.

18. Utilize o marketing de guerrilha

A técnica do marketing de guerrilha é baseada em elemento surpresa, podendo utilizar vídeos virais, jogadas publicitárias ou até mesmo arte de rua.

Essa estratégia pretende chocar o público, chamando sua atenção da forma mais inusitada possível.

Além disso, um dos principais pontos positivos do marketing de guerrilha é: baixo custo.

19. Crie buzz com estratégias de relações públicas

Ao lançar um novo produto ou serviço, não perca a oportunidade de fazer um press release e já contate grandes editoras e veículos de comunicação de seu nicho para publicá-lo.

20. Use o Google Meu Negócio

Ótima tática, principalmente para empresas com uma base de clientes locais.

O Google Meu Negócio faz com que, no momento que o usuário pesquisar pelo serviço que você fornece, sua empresa seja exibida no topo da pesquisa.

21. Gere reconhecimento local

Faça com que sua empresa seja reconhecida fora do universo online

Você pode começar fazendo eventos locais – dessa forma sua chance de aparecer nos veículos de notícia é grande -, patrocinando outras empresas, realize workshops, eventos sem fins lucrativos, entre outros.

22. Participe de conferências e eventos online

Aproveite as oportunidades de eventos na sua área de atuação, veja quais deles fazem mais sentido com a sua empresa e já prepare uma apresentação, a fim de aumentar ainda mais seus parceiros profissionais.

 Leia também: Principais Estratégias de Crescimento para Aplicar na Empresa

23. Aperfeiçoe o seu “discurso de elevador”

Essa estratégia tem a ver com o “boca a boca”.

Saiba como apresentar a sua empresa para aqueles que demonstraram interesse e curiosidade, faça isso de forma breve, objetiva e concisa.

Aproveite também para cessar todas as dúvidas que a pessoa possa ter.

24. Faça networking pessoalmente e online

O networking é a melhor estratégia para você encontrar mais profissionais do setor, divulgar seu negócio e criar ainda mais autoridade.

Por isso, aproveite todas as oportunidades que tiver, seja em eventos on-line ou presenciais.

25. Crie uma comunidade ao redor da sua marca

Conquiste o máximo de clientes que puder, use sua estratégia de marketing para torná-los fãs de seu serviço ou produto.

Dessa forma, esses clientes vão divulgá-lo nas redes, fazer a estratégia boca a boca e interagir ainda mais com o seu negócio.

26. Mantenha um relacionamento sólido com seus clientes

Crie uma relação de fidelidade com os seus clientes, tente se conectar com eles da forma mais profunda possível.

Mostre que os problemas, reclamações e desejos deles são importantes para todas as áreas da sua pequena empresa.

27. Solicite depoimentos de seus clientes

Os feedbacks ou cases são táticas imprescindíveis para você atrair novos clientes.

Pergunte sempre o que o seu cliente atual está achando, tire suas dúvidas, veja se eles têm alguma sugestão ou reclamação, ou seja, o escute sempre.

E aproveite depoimentos positivos como prova social para o seu negócio.

28. Conheça o Marketing Conversacional

Com o Marketing Conversacional, você consegue manter uma relação em tempo real com seu lead ou cliente.

Essa estratégia atende a todas as etapas do funil, proporcionando um atendimento personalizado, que simula o comportamento humano e dando todo o apoio que seu cliente precisa.

Para isso, use chatbots como os que a Leadster proporciona, e veja a taxa de conversão do seu site aumentar em até 3 vezes.

5 Erros no Marketing Para Pequenas Empresas

5 Erros no Marketing Para Pequenas Empresas

Agora que você já tem em seu repertório quase 30 estratégias para aplicar em seu planejamento de marketing, nada melhor para completar do que os cinco erros que as pequenas empresas mais comentem nesse âmbito.

Logo abaixo cada um deles está explicado, confira!

1. Não ter um Plano de Marketing

Já falamos aqui sobre a importância dessa tática, afinal, se você não tiver um planejamento, como poderá andar com a sua empresa?

Você precisa se organizar, estabelecer metas e acompanhar métricas para realmente chegar a algum resultado.

2. Investir Tudo na mesma Estratégia 

É necessário ter mais de uma opção quando falamos de estratégias de marketing.

Você não precisa “atirar para todos os lados”, mas é necessário investir em mais de uma estratégia para que atinja públicos de canais diferentes e consequentemente gere mais resultados.

3. Priorizar as Redes Sociais e Esquecer do Site

Por mais que estejamos na era das redes sociais, grande parte dos seus clientes o encontrarão nos mecanismos de busca, então sempre mantenha o seu site atualizado.

Além disso, as pessoas podem até achar o seu negócio através das redes, mas, tenha certeza, que em determinado momento eles irão acessar o seu site.

4. Não Medir Resultados

Se você não acompanhar suas métricas, de nada adiantará você fazer previsões para o seu negócio, pois elas não terão embasamento.

Sem medir resultados, você não irá desenvolver sua estratégia de marketing.

5. Ignorar a Concorrência

Ignorar a concorrência é fechar os olhos para aqueles que podem “roubar” seus clientes.

Além disso, uma forma de medir seus resultados é comparar suas métricas com a da concorrência.

Dúvidas Comuns no Marketing para Pequenas Empresas

Dúvidas Comuns no Marketing para Pequenas Empresas

Ao adentrar em uma área que não é de sua especialidade, como o marketing, é comum que surjam algumas perguntas.

Pensando nisso, a Leadster separou as 3 principais dúvidas que você pode ter ao longo do seu planejamento de marketing!

É caro o marketing para pequenas empresas?

O marketing para pequenas empresas não precisa ser caro, ele deve caber no orçamento de cada um.

O quanto você vai gastar depende da realidade financeira do seu negócio.

É necessário o marketing para pequenas empresas?

Sim. O marketing é essencial para qualquer tipo de negócio.

O marketing é o responsável por toda inteligência mercadológica, promoções, divulgação e vendas de uma empresa, então sim, o marketing é indispensável para pequenas empresas.

Lidando com o marketing da sua empresa: fazer em casa, terceirizar ou usar uma outra empresa?

Não existe resposta pronta para essa pergunta.

Tudo vai depender da situação do seu negócio.

Pense em quais seus objetivos, como está o seu orçamento e quais são suas necessidades.

Assim que responder essas três questões, conseguirá definir qual tática é melhor para o marketing da sua empresa.

 Leia também: É Melhor Contratar uma Agência ou Equipe de Marketing?

Após todas essas dicas, estratégias e explicações, você está mais do que pronto para montar o plano de marketing para sua pequena empresa.

Aproveite e já confira mais artigos como esse aqui no blog da Leadster!


Fernanda Andreazzi

Estrategista de conteúdo na Leadster, atua há 5 anos com Marketing Digital, Inbound Marketing, SEO - e tudo o que há de bom

0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado.